Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

Com uma ótima atuação, o Brasiliense goleou o Real Ariquemes por 5 x 1, na tarde deste domingo (2/7), dentro da Boca do Jacaré. A partida foi válida pela décima primeira rodada da fase de grupos da Série D, e injetou ânimo na equipe do Distrito Federal na briga pela classificação.

Os gols da partida foram anotados por Tarta, Zotti, Gabriel, Luquinhas e Lila, pelo lado amarelo. William descontou para o time do Real.

Ocupando a quinta colocação, com 17 pontos, o Brasiliense pode entrar no G4 na próxima rodada, quando enfrenta o Interporto, na Boca do Jacaré, às 20h do próximo dia 10/2.

Primeiro tempo

Mesmo com o controle da posse de bola, o Brasiliense não conseguiu finalizar nos primeiros momentos de jogo, e acabou cedendo espaços para duas finalizações do Real Ariquemes. Aos cinco minutos Ítalo arriscou de fora e o chute passou longe do gol. Aos seis, o atacante experimentou novamente no meio do gol, em cima do goleiro Ravel.

O Brasiliense deu a resposta com toques de bola rápidos à frente da área. Com oito minutos, Hernane Brocador tabelou com Zotti até a bola chegar para Tarta finalizar rasteiro rente a trave. Três minutos depois, outra tabela protagonizada por Hernane e Zotti para servir Tarta, que limpou a marcação e bateu firme de fora para abrir o placar.

Com o gol, a equipe do Jacaré se jogou ainda mais ao ataque, em busca do segundo. Com 12 minutos, Matheus Barboza foi lançando a área e se enroscou com a marcação. Mesmo caído conseguiu a finalização em cima do goleiro Emanuel. Aos 16’, Wallace dominou na meia lua sem marcação bateu raspando o travessão.

O Real Ariquemes jogava atrás na espeça dos contra golpes, o que tornou o jogo lá e cá por breves minutos. Aos 19’, Pedro Lucas saiu em velocidade pela esquerda, cortou para o meio e finalizou em cima de Ravel. Com 31’, Tarta cobrou uma falta lateral pela direita e a bola saiu com muito perigo pela linha de fundo. Logo depois, aos 34 minutos, Felipe levantou no meio da área e Octavio testou no canto, mas Revel fez a defesa colocando para escanteio.

Aos 37’, Tarta levantou a bola em uma cobrança de escanteio, que foi desviada por Hernane Brocador e Felipe afastou para escanteio evitando o segundo gol, que acabou saindo instantes depois. Aos 40 minutos, Daniel Mendonça chegou livre no fundo e cruzou para Zotti, que chegou nas costas da marcação testando para o gol vazio. 2 x 0 Jacaré.

Antes do intervalo, o Brasiliense teve ainda três chances ampliar o placar. A mais clara deles foi aos 42 minutos, quando Hernane Bocador recebeu a bola cara a cara com Emanuel, tentou uma cavadinha e a bola ficou nas mãos do goleiro do real. Aos 44’, Tarta cobrou uma falta que saiu com muito perigo, e no último minuto, Wallace, em uma falta frontal, bateu por cima da barreira e Emanuel fez a defesa.

Segundo tempo de gols

O começo da segunda etapa não teve tanta emoção, com o Brasiliense controlando a vantagem e o Real com muita dificuldade para jogar. Aos cinco minutos e aos 14’, com Victor Paixão e Ítalo, a equipe visitante arriscou dois chutes de fora, que não levaram perigo ao gol do Jacaré.

No primeiro ataque que resultou em conclusão do Jacaré a rede balançou. Igor ficou com a sobra de uma cobrança de escanteio e bateu rasteiro. Emanuel fez a defesa rebatendo no pé de Gabriel, que só tocou para rede. Gol com a participação dos dois zagueiros no campo de ataque.

O terceiro tento deixou o Brasiliense ainda mais confortável no jogo, e aumentou a confiança para os arremates. Tarta, aos 17 minutos, arriscou de fora por cima da meta. Aos 20’, o camisa 8 pegou bem na bola e o chute rasteiro saiu tirando tinta da trave esquerda.

Aos 21’, o Real chegou ao seu gol de honra. William carregou a bola pelo meio e arriscou de longe, percebendo Ravel adiantado. O arqueiro do Jacaré não foi na bola, que morreu no barbante. 3 x 1 no placar.

O gol não foi sentido pelo Jacaré, que deu sua resposta com bola na rede. Aos 23’, João Paulo tocou para Luquinhas, dentro da pequena área, bater de bico para anotar o quarto.

A reta final do jogo foi toda dominada pelo Brasiliense, que enfileirou chances de gol. Entre os 29 e os 32 minutos, a equipe desperdiçou cinco chances, com Hernane Brocador Wallace, Joãozinho, João Paulo e Zotti, com finalizações para fora ou em cima de Emanuel.

Aos 47’, o Jacaré fechou a conta. Lila recebeu na entrada da área e bateu firme no cantinho, sem chances para o goleiro do real. 5 x 1 em um placar que poderia ter sido mais elástico, mas Gabriel e Luquinhas desperdiçaram as chances criadas nos últimos minutos.

BRASILIENSE 5 X 1 REAL ARIQUMES

Série D 2023 – fase de grupos – décima primeira rodada

2/7/2023, 16h – Boca do Jacaré, Taguatinga-DF

Árbitro: Ruthyanna Camila Medeiros da Silva-PB
Árbitro Assistente 1: Renato Tolentino-DF
Árbitro Assistente 2 : Kleber Alves-DF
Quarto Árbitro: Matheus Moraes-DF

BRASILIENSE

Ravel; Daniel Mendonça, Gustavo Henrique (Igor), Gabriel e Felipe Alves (João Paulo); Wallace, Tarta (Lila) e Zotti; Tobinha (Joãozinho), Matheus Barboza (Luquinhas) e Hernane Brocador

Técnico: Luis dos Reis

Gols: Tarta (11’ 1T), Zotti (40’ 1T), Gabriel (16’ 2T), Luquinhas (23’ 2T) e Lila (47’ 2T)

Cartões amarelos:  Felipe Alves

REAL ARIQUEMES

Emanuel; Kawan, Jadiel, Sergipe e Felipe; Octavio, Victor Paixão (Lucas Aguiar) e William (Lucas); Ítalo, Allysson (Pedro Lucas) e Luiz Boone

Gols: William (21’ 2T)

Cartões amarelos: Sergipe e Jadiel

André Gomes/Brasiliense FC