Foto: Gilson Borba/Esp. Metrópoles

Jogando no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica-ES, o Brasiliense foi eliminado, na noite desta quarta-feira (15/3), pelo Botafogo na segunda fase da Copa do Brasil. O Jacaré até fez um bom primeiro tempo, com mais posse e mais finalizações, mas foi para o intervalo perdendo por 3 x 1, e voltou sem o mesmo pique para o segundo tempo, tomando o placar final de 7 x 1.

O gol do Esquadrão Amarelo foi marcado por Yuri Mamute. Para o lado do Botafogo. Danilo Barbosa, Eduardo, Adryelson, Vitor Cuesta e Tiquinho Soares (3x), balançaram a rede. O próximo desafio do Brasiliense é pelo Candangão, a última rodada da primeira fase. O Adversário é o Brasília, no sábado (18/3), às 15h30, na Boca do Jacaré.

Primeiro tempo

Mesmo com o Brasiliense buscando controlar mais a posse de bola, foi a equipe do Botafogo que finalizou primeiro, e abriu o placar. Aos seis minutos, Danilo Barbosa desviou de cabeça uma falta levantada na área e fez 1 x 0.

A resposta do Jacaré veio aos oitos minutos. Yuri Mamute ganhou  da marcação na base da força, girou e bateu cara a cara com o goleiro rente a trave direita. Um minuto depois, o Botafogo desceu pela esquerda e levantou a bola na área. Eduardo antecipou a zaga amarela e desviou com o pé para ampliar a vantagem.

Atrás do placar, o Jacaré se mostrava uma equipe organizada em campo, que jogava melhor apesar dos 2 x 0 contra. Com 13 minutos, a equipe emendou três boas chances seguidas. Tarta chutou de fora nas mãos de Lucas Perri. Na reposição, o Brasiliense recuperou rápido a bola e Zotti colocou Matheus Barboza na cara do gol para finalizar em cima do goleiro que cedeu o escanteio. Na cobrança, Railon testou por cima da meta.

Aos 17’, mais uma vez Zotti achou Matheus Barboza entre a defesa, e o camisa novamente parou na defesa de Lucas Perri. Três minutos mais tarde, Eduardo arriscou de fora um chute que desviou na zaga e Edmar Sucuri foi no cantinho para fazer a defesa. Aos 31’, novamente o goleiro do Jacaré apareceu bem, para defender o chute de Carlos Alberto, que girou dentro da área batendo firme.

O bom jogo praticado pela equipe visitante foi recompensado aos 41 minutos. Tarta com um ótimo passe acionou Yuri Mamute, que dessa vez não perdoou cara a cara, chutando no canto esquerdo. 2 x 1 no placar.

Mas a equipe não comemorou por muito tempo. Aos 47’, escanteio para o Botafogo cobrado pela esquerda. Adryelson antecipou Edmar Sucuri e tocou de cabeça para o fundo do gol.

Segundo tempo

O Botafogo teve uma postura totalmente diferente na segunda etapa, controlando desde os primeiros minutos. Aos quatro de bola rolando, Carlos Alberto tentou de fora e Edmar Sucuri fez a defesa sem dificuldades. Aos seis, Lucas Piazon levantou na área e Vitor Cuesta apareceu para fazer o quarto.Aos 19’, Luiz Henrique limpou a marcação e bateu no alto, mas Edmar Sucuri pegou.

Marcando pressão, o Botafogo balançou a rede mais três vezes, todas com Tiquinho Soares. Aos 31’, o camisa 9 recebeu de Gabriel em cima da linha e só escorou para o gol. Depois, aos 39’, o atacante dentro da área bateu no cantinho, contra pé de Edmar Sucuri. O terceiro saiu aos 41 minutos. Tiquinho desviou de cabeça o cruzamento que veio da direita e decretou o placar final. 7 x 1.

BOTAFOGO 7 X 1 BRASILIENSE

Copa do Brasil 2023 – segunda fase

15/03/2023, 20h – Estádio Kleber Andrade, Cariacica-ES

Árbitro: Anderson Daronco-RS

A1: Bruno Boschila-RS

A2: Jorge Eduardo Bernardi-RS

4º árbitro: Rafael Martins de Sá-RJ

BOTAFOGO

Lucas Perri; Di Placido, Adryelson, Vitor Cuesta e Marçal; Danilo Barbosa (Gabriel), Tchê Tchê (Lucas Fernandes), Eduardo (Marlos Freitas) e Lucas Piazon (Gustavo Sauer); Carlos Alberto (Luiz Henrique) e Tiquinho Soares

Técnico: Luís Castro

Gols: Danilo Barbosa (6’ 1T), Eduardo (9’ 1T), Adryelson (47’ 1T), Vitor Cuesta (6’ 2T), e Tiquinho Soares (31’ 2T, 39’ 2T e 41’ 2T)

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Dharllyson, Railon, Gabriel e Felipe Alves (Goduxo); Gabriel Henrique (Wallace), Tarta e Zotti (Lila): Romário (Hernane Brocador), Matheus Barboza e Yuri Mamute (Diogo Sodré)

Técnico: Roberto Cavalo

Gols: Yuri Mamute (41’ 1T)

Cartões amarelos: Tarta

André Gomes/Brasiliense FC