Foto: Luã Tomasson/Brasiliense FC

Após a primeira rodada do Candangão, o Brasiliense saiu na frente e lidera a tabela de classificação com três pontos e a vantagem no saldo de gols, com a vitória por 3 x 0 sobre o Ceilândia. Já no segundo duelo da competição, o Jacaré encara o Gama, no clássico de número 73 entre as equipes. O duelo será nesta sexta-feira (3/2), às 19h, na Boca do Jacaré, com a presença de torcida única do time amarelo.

Além da rivalidade em campo, alguns números tornam o duelo ainda mais esperado. O Jacaré leva vantagem no retrospecto do duelo, com 28 vitórias contra 22 do rival, além de uma invencibilidade de dois jogos. O Esquadrão Amarelo pode ainda chegar ao seu 100º gol no clássico, caso balance a rede três vezes.

As equipes dividem a liderança da competição, com o Brasiliense levando a vantagem no saldo de gols, e o duelo também coloca em xeque a ponta da tabela.

Preparação

Após a vitória no último domingo (29/1), a equipe recebeu folga no dia seguinte e se reapresentou na terça-feira (31). Os trabalhos comandados por Luan Carlos foram voltados para corrigir poucos pontos observados no duelo contra o Ceilândia, além de definir o melhor substituto para Andrezinho, que deixou o jogo com uma lesão e não teve tempo hábil para recuperação. A tendência é que Caetano ganhe a vaga.

Apesar da baixa de Andrezinho, o treinador vai contar com a volta de um jogador importante para seu esquema de jogo. O atacante Tobinha, que havida sido poupado para se recuperar de um desconforto na coxa, está relacionado e pode fazer sua estreia no Candangão 2023. O atacante Kieza segue fora se recuperando de uma lesão no tornozelo.

Durante a semana, Luan Carlos trabalhou a equipe com treinos táticos, com bastante intensidade, e ensaiou jogadas explorando os pontos fortes de cada atleta.

Na noite da última quinta-feira (2/2), o time treinou na Boca do Jacaré, para reconhecimento do gramado e o último coletivo para definir o time que vai entrar em campo contra o Gama. A tendência que a única mudança em relação aos 11 iniciais que venceram o Ceilândia seja a entrada de Caetano no lugar de Andrezinho.

Arbitragem

A FFDF definiu Rafael Diniz como o árbitro da partida. Ele será auxiliado pelos assistentes Milton Jerônimo Alves e David Sousa, e pelo quarto árbitro Felipe Barbosa.

Relacionados

Ao todo, 22 atletas foram convocados pela comissão técnica. São eles:

Goleiros: Artur e Edmar Sucuri;

Zagueiros: Bahia, Gustavo Henrique, Keynan e Railon;

Laterais: Aloísio, Caetano e Goduxo;

Meias: Aldo, Diogo Sodré, Gabriel Henrique, Radamés, Renan Oliveira, Tarta, W. Balotelli e Zotti.

Atacantes: Alvinho, Hernane Brocador, Luquinhas, Tobinha e Yuri Mamute.

André Gomes/Brasiliense FC