Brasiliense vence o Grêmio Anápolis e assume a liderança geral da Série D – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-vence-o-gremio-anapolis-e-assume-a-lideranca-geral-da-serie-d

Brasiliense vence o Grêmio Anápolis e assume a liderança geral da Série D

brasiliense-vence-o-gremio-anapolis-e-assume-a-lideranca-geral-da-serie-d

Foto: Gustavo Moreno/Metrópoles

Jogando no Estádio Jonas Duarte, o Brasiliense estreou seu novo uniforme (desenhado por um torcedor), enfrentando o Grêmio Anápolis, na noite desta quarta-feira (25/5), pela sexta rodada da fase de grupos da Série D. O fardamento deu sorte ao time do Jacaré, que saiu com a vitória por 2×1 e se manteve na liderança isolada da chave A5, com 16 pontos somados. Os gols da equipe amarela foram marcados por Luquinhas e Tarta. Lucas Duni descontou para o GEA.

A vitória também colocou o Brasiliense como a melhor campanha geral da Série D até o momento, com uma sequência invicta. O primeiro turno do grupo será fechado para o Jacaré no próximo sábado (28/5), às 15h30, contra o Costa Rica, no Defelê.

Primeira etapa de domínio do Brasiliense

A noite fria de 17º em Anápolis logo foi aquecida dentro de campo, com o Brasiliense dominando totalmente o adversário e enfileirando chances criadas. Logo aos três minutos, Luquinhas bateu cruzado e a bola saiu rente a trave esquerda. Na reposição da bola, o Jacaré marcou pressão, recuperou a posse e Tarta arriscou de fora, mas o arremate saiu por cima da meta.

O Brasiliense escapava bem pelos lados do campo, e a velocidade de Daniel Alagoano era frequentemente acionada. Aos novo minutos, o atacante recebeu um excelente lançamento nas costas da defesa e bateu cruzado, mas o chute saiu pela direita do gol. No minuto seguinte, Tarta, mais uma vez de longe, soltou o pé, mas o goleiro Lucas Maticoli só acompanho a bola se perder pela linha de fundo.

Aos 17’, Tarta cobrou uma falta no meio do gol e Lucas Maticoli soltou. No rebote, Aldo saiu cara a cara e bateu travado com o goleiro, que desviou a bola para escanteio.

Com o domínio do Brasiliense em grande parte do primeiro tempo, o gol da equipe amadurecia, e aos 28 o placar foi aberto. Tarta cobrou escanteio dentro a pequena área, e Luquinhas, atrás da defesa, tocou com o pé direito, sem chances de defesa. 1×0 para o jacaré.

Controlando a vantagem, o Brasiliense esfriou o jogo após o gol, e só foi chegar novamente aos 39 minutos. Luquinhas tocou para Daniel Alagoano, que pegou de primeira, mas não acertou o alvo.

A equipe do Grêmio Anápolis só teve duas chances na primeira etapa, e em uma delas chegou ao empate. Aos 44’, Leonardo Silva finalizou pelo lado esquerdo. No lance seguinte, Lucas Duni pegou a sobra de bola dentro da área e bateu fraco, mas a bola desviou em Badhuga e morreu no canto, enganando Edmar Sucuri.

Tarta decide para o Jacaré

O Grêmio Anápolis voltou com uma postura diferente, e buscou ameaçar mais nos primeiros minutos pós intervalo. Aos três jogados, Lucas Duni arriscou de fora, mas isolou o chute. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Lucas Gonçalves experimentar de longe, mas sem assustar o goleiro Edmar Sucuri.

Menos agressivo no jogo, o Brasiliense chegou aos 17 minutos, na boa bola parada de Tarta. O meia ajeitou a bola para cobrar uma falta frontal e colocou descaindo no canto esquerdo. Lucas Maticoli ainda tocou de leve na bola, mas não evitou o segundo gol do Jacaré. 2×1 no placar.

Após o gol, o Brasiliense passou a dominar o jogo novamente. A equipe controlava a posse, dificultado as ações do GEA, e apostava no jogo aéreo para busca o terceiro. Aos 19’, Tarta levantou na cobrança de escanteio e Badhuga cabeceou para fora. Com 29 minutos no relógio, Aldo recebeu dentro área pelo alto e testou fraco para a defesa de Lucas Maticoli.

O final do jogo ainda teve uma chance para cada lado antes do apito final. Aos 43’, Aldo percebeu o goleiro fora do gol e soltou o pé do meio campo, mas a bola saiu longe da meta. O Grêmio Anápolis chegou aos 45 minutos, no chute de Yan Lincoln no cantinho, que Edmar Sucuri se esticou para garantir a vitória amarela.

GRÊMIO ANÁPOLIS 1 X 2 BRASILIENSE

Série D – fase de grupos – sexta rodada

25/05/2022, 20h – Estádio Jonas Duarte, Anápolis-GO

Árbitro: Jackson Ribeiro de Souza-SE

A1: Márcio Soares Maciel-GO

A2: Paulo César Ferreira de Almeida-GO

4º árbitro: Rubens Paulo Rodrigues do Santos-GO

GRÊMIO ANÁPOLIS

Lucas Maticoli; Murilo Lima, Roni Santos, Jordan e César Nunes (Leonardo Azevedo); Lucas Gonçalves, Éder Monteiro (Victor Neves) e Papita; Lucas Duni (Yan Lincoln), Marcos Brazion (Pedro Marinho) e Leonardo Silva (Vandinho)

Técnico: Ariel Mamede

Gols: Lucas Duni (45’ 1T)

Cartões amarelos: Marcos Brazion, Roni Santos, Éder Monteiro

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Andrezinho, Keynan, Badhuga e Goduxo (Peu); Aldo, Tarta e Cabralzinho (Romarinho); Luquinhas (Bernardo), Daniel Alagoano (Zotti) e Marcão (Hernane Brocador)

Técnico: Celso Teixeira

Gols: Luquinhas (28’ 1T), Tarta (17’ 2T)

Cartões amarelos: Badhuga

André Gomes/Brasiliense FC