Brasiliense vence o Ação e se mantem na ponta do grupo na Série D – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-vence-o-acao-e-se-mantem-na-ponta-do-grupo-na-serie-d

Brasiliense vence o Ação e se mantem na ponta do grupo na Série D

brasiliense-vence-o-acao-e-se-mantem-na-ponta-do-grupo-na-serie-d

Foto: Edmilson Aguiar/Esp. Metrópoles

Jogando fora de casa, na tarde deste domingo (1/5), o Brasiliense Futebol Clube conquistou sua segunda vitória no Grupo A5 da Série D e se manteve na primeira posição da chave, com sete pontos. No gramado do Dito Souza, o Jacaré foi melhor durante boa parte do jogo e bateu o Ação-MT por 2×0, com gols de Daniel Alagoano e Tarta, ambos anotados no segundo tempo.

Pela quarta rodada do grupo, o Jacaré volta ao Dito Souza para enfrentar o Operário. O jogo será no próximo sábado (7/5), às 16h

Primeiro tempo corrido

As equipes não se pouparam mesmo com os 34º que faziam no Dito Souza, e o ritmo acelerado controlou o início do jogo com jogadas de transição pelas pontas. Aos quatro minutos, o Ação cobrou rasteiro um escanteio ensaiado e Lorran tocou de letra para fora. A resposta do Jacaré foi logo em seguida, aos seis minutos. Goduxo chegou ao fundo e levantou para a área. Marcão não alcançou e a bola sobrou para Cabralzinho, que emendou de primeira e o zagueiro Arruda tirou em cima da linha.

O clima era quente fora e dentro de campo. As chances iam aparecendo para ambos os lados. Aos 11’, O Brasiliense chegou com o chute de Cabrazinho de fora, que pegou a sobra de uma cobrança de escanteio e mandou por cima. Dois minutos depois, Vitinho lançou Dener em velocidade, que bateu na saída de Edmar Sucuri, mas não acertou o gol amarelo. No lance seguinte, o Jacaré chegou pela esquerda com Goduxo, que cruzou e a zaga do Ação desviou contra, mas a trave evitou o primeiro gol da partida.

A dinâmica do jogo era boa, com o Jacaré respondendo os ataques do Ação logo no lance seguinte. Aos 23’, Lorran bateu colocado por cima da meta. Com 23 jogados, Tarta arriscou uma pancada de fora e o goleiro Herilan caiu no cantinho para fazer a defesa. Aos 32’, Vitinho chegou ao fundo e cruzou para Romário no meio da área, mas Edmar Sucuri antecipou e fez a defesa. Na sequência, Zotti cobrou escanteio na cabeça de Aldo, que desviou para fora com muito perigo.

Já nos acréscimos, o Brasiliense bombardeou com três chutes seguidos. O primeiro foi com Tarta, e Herilan fez a defesa. Depois foi a vez de Cabrazinho, que parou na boa interceptação da defesa. Goduxo ficou com a sobra e concluiu por cima colocando fim na primeira etapa.

Jacaré decide no segundo tempo

O Brasiliense voltou para a segunda etapa empurrando o Ação no campo de defesa e construindo boas chances, especialmente na bola parada. Com dois minutos, Tarta pagou bem uma falta de frente para o gol e Herilan caiu para fazer a defesa. Logo depois, na primeira participação de Luquinhas no jogo, o atacante recebeu na direita e bateu colocado tentando cobrir o goleiro, mas a bola foi saindo para fora com efeito. Dois minutos mais tarde, outra falta cobrada por Tarta, mas dessa vez a bola saiu pelo lado esquerdo raspando a trave.

A equipe do Ação foi ameaçar o gol amarelo aos nove minutos. Vitinho arriscou de primeira e não pegou em cheio na bola, isolando o chute. O Jacaré não deixou a equipe da casa crescer no jogo e respondeu logo na reposição. Cabralzinho entrou na área pela direita e bateu firma, mas o chute saiu pela linha de fundo assustando o sistema defensivo da equipe mato-grossense.

A jogada de velocidade foi a arma do Jacaré para abrir o placar. Aos 21’, Edmar Sucuri fez uma rápida reposição lançando Daniela Alagoano no ataque. Basílio e Herilan falharam ao tentar afastar e o camisa 7 deu um toque leve para acompanhar a bola até ele balançar a rede. 1×0 no placar para o Brasiliense.

Após o gol, Daniel Alagoano deixou o campo para a entrada de Tobinha, que infernizou a zaga adversária criando três ótimas jogadas que levaram perigo a meta do Ação, com intervalo de 10 minutos entres elas. A primeira foi aos 25, quando ele tirou a marcação e bateu por cima. Na segunda ao camisa 22 arriscou de fora e o goleiro foi no cantinho para evitar o gol. Na terceira, ele bateu no canto e a bola saiu rente ao poste.

Aos 45’, Tobinha fez uma ótima jogada e serviu Hernane Brocador, que carimbou o travessão após bater dividindo com a defesa. Logo depois, Tarta avançou pela meia esquerda e soltou o pé acertando o ângulo de Heliram, que nada pôde fazer para evitar o primeiro gol do meia com a Camisa do Brasiliense e que decretou a vitória da equipe. Fim de jogo: 2×0 para o Jacaré.

AÇÃO 0 X 2 BRASILIENSE

Série D – fase de grupos – terceira rodada

01/05/2022, 16h – Estádio Dito Souza, Várzea Grande-MT

Árbitro: Hugo Soares Dias Figueiredo-PE

A1: Paulo César Silva Faria-MT

A2: Renan Antônio Angelim Rodrigues-MT

4º árbitro: Luiz Paulo de Moura Pinheiro-MT

AÇÃO

Helirian Sampaio; Índio, Anderson, Arruda e Ramalho; Jean, Basílio (David) e Vitinho (Marquinhos); Lorran, Dener (Wallisson) e Romário (Jonathan).

Técnico: Eduardo Henrique

Cartões amarelos: Índio, Romário, Jonathan

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Andrezinho, Keynan, Badhuga e Goduxo; Aldo, Tarta, Cabralzinho (Bernardo) e Zotti (Luquinhas); Daniel Alagoano (Tobinha) e Marcão (Hernane Brocador).

Técnico: Celso Teixeira

Gols: Daniel Alagoano (21’ 2T) e Tarta (45’ 2T)

Cartões amarelos: Badhuga, Aldo

André Gomes/Brasiliense FC