Pelo placar mínimo, Brasiliense é derrotado fora de casa pelo o Nova Mutum – Brasiliensefc.com.br
pelo-placar-minimo-brasiliense-e-derrotado-fora-de-casa-pelo-o-nova-mutum

Pelo placar mínimo, Brasiliense é derrotado fora de casa pelo o Nova Mutum

pelo-placar-minimo-brasiliense-e-derrotado-fora-de-casa-pelo-o-nova-mutum

Foto: Kassio Henrique/Esp. Metrópoles

Jogando fora de casa, o Brasiliense Futebol Clube encarou o Nova Mutum-MT na tarde deste domingo (22) pela décima segunda rodada do Grupo A5 da Série D. Mesmo jogando melhor que a equipe adversária, especialmente no segundo tempo, a equipe do Jacaré não conseguia converter as jogadas ofensivas em gol, e viu o Nova Mutum vencer o jogo pelo placar mínimo, com o gol de Matheus, que saiu aos cinco minutos do primeiro tempo.

A equipe amarela estacionou nos 17 pontos, ocupando a quarta colocação na chave. O próximo desafio do Brasiliense será no sábado (28), contra o Porto Velho, às 16h, na Boca do Jacaré.

Primeiro tempo

Na estreia, Luan Carlos promoveu uma mudança no esquema tático da equipe. O treinador entrou com um 4-4-2 com Jorge Henrique, Carlos Eduardo, Victor Rangel e Zé Love invertendo as posições no campo de ataque. A tática adotada fez o Jacaré dominar os primeiros instantes do jogo. Logo aos cinco minutos, Victor Rangel caiu pela ponta esquerda e levantou na medida para Aldo cabecear a bola que saiu rente a trave.

No lance seguinte, o Nova Mutum encaixou um bom contra golpe. Hugo escapou pela direita e cruzou à meia altura para Matheus pegar chapado de primeira e acertar o cantinho, abrindo o placar do jogo. 1×0.

O forte calor de 34º e as péssimas condições do gramado deixava o jogo muito lento disputado na imposição física. O Nova Mutum chegou novamente aos 15 minutos. Abner recebeu na área e bateu rasteiro. Sucuri afastou a bola parcialmente e Rafinha pegou o rebote com um chute de primeira que foi desviado por Gustavo Henrique.

Com Jorge Henrique, o Brasiliense chegou ao ataque com mais qualidade. Aos 29’, o meia-atacante acionou Zé Love dentro da área, que disputou a bola e rolou para Balotelli chegar livre pela esquerda e bater com força, mas a bola saiu tocando a rede pelo lado de fora. Com 37 jogados, Jorge Henrique ajeitou de cabeça para Zé Love fuzilar de primeira, mas o gramado irregular atrapalhou o chute do camisa 9 do Jacaré, que saiu com perigo pela esquerda.

Aos 43’, Abner pegou a sobra de uma cobrança de escanteio e bateu de fora. O chute saiu tirando tinta da trave defendida por Edmar Sucuri.

Jacaré martela, mas não chega ao empate

O Jacaré voltou para o segundo tempo dominando o adversário e buscando o gol de a todo custo o gol de empate. Maicon Assis e Alan Mineiro entraram nos lugares de Victor Rangel e Carlos Eduardo, mudanças que deram mais profundidade a equipe. Com um minuto, Alan Mineiro cobrou escanteio para Jorge Henrique cabecear com perigo para fora.

Aos quatro minutos, Maicon Assis tabelou com Arlen e cruzou rasteiro para a área. Zé Love tentou desviar, mas fez o corta luz para Jorge Henrique bater desequilibrado para fora. Aos 14’, Aldo enxergou bem Balotelli infiltrando com velocidade nas costas de defesa pela esquerda e fez o levantamento. O lateral cabeceou forte no alto e Gabriel Oliveira fez uma excelente defesa. A bola ainda tocou no travessão antes de sair para escanteio.

O jogo era só pressão amarela, com o Nova Mutum segurando o resultado. Aos 20’, Alan Mineiro cobrou uma falta cheia de efeito, que quase enganou Gabriel Oliveira, mas o arqueiro deu um leve toque para ceder o escanteio. Com 35 jogados, Peninha carregou a bola da direita para o meio e bateu para fora. Três minutos depois, Maicon Assis tentou um voleio dentro da pequena área, mas o chute saiu muito por cima.

Aos 46’, o Jacaré teve a última chance para levar o empate para Brasília. Ferrugem pegou a sobra da defesa e bateu de chapa, mas a bola foi no meio do gol, facilitando a defesa de Gabriel Oliveira. Mesmo dominando a segunda etapa, o Brasiliense não conseguiu furar a retranca adversária e o placar terminou 1×0 para o Nova Mutum.

NOVA MUTUM 1 X 0 BRASILIENSE

Série D 2021 – Fase de grupos – décima segunda rodada

22/08/2021, 16h – Estádio Valdir Doilho, Nova Mutum-MT

Árbitro: Lucas Guimarães Horn-RS

Assistente 1: Renan Antônio Rodrigues-MT

Assistente 2: Fernanda Kruger-MT

Quarto Árbitro: Jean Marcial Latorraca-MT

NOVA MUTUM

Gabriel Oliveira; Léo Campos (Michael Quintanilha), Taison, Mendonça e Jonathan Moc; Bruno Domingues, Higor (Maranhã) e Rafinha; Hugo, Abner e Matheus (Romário)

Técnico: William de Mattia

Gols: Matheus (6’ 1T)

Cartões amarelos: Taison, Rafinha

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Arlen (Bruno Nunes), Badhuga, Gustavo e W. Balotelli; Aldo, Zotti (Ferrugem) e Carlos Eduardo (Alan Mineiro); Jorge Henrique (Peninha), Zé Love e Victor Rangel (Maicon Assis)

Técnico: Luan Carlos

Cartões amarelos: Jorge Henrique, Aldo

André Gomes/Brasiliense FC