Valendo a liderança, Brasiliense recebe a Aparecidense na Boca do Jacaré – Brasiliensefc.com.br
valendo-a-lideranca-brasiliense-recebe-a-aparecidense-na-boca-do-jacare

Valendo a liderança, Brasiliense recebe a Aparecidense na Boca do Jacaré

valendo-a-lideranca-brasiliense-recebe-a-aparecidense-na-boca-do-jacare

Foto: André Gomes/Brasiliense FC

O Brasiliense Futebol Clube busca se recuperar dentro do Grupo A5 da Série C. Ocupando a terceira colocação da chave com oito pontos (um a menos que os líderes Nova Mutum e Goianésia), e equipe está a dois jogos sem vencer, e terá a chance de encontrar novamente o caminho da vitória nesse sábado (10/7), contra a Aparecidense, que está na quarta colocação com os mesmo oito pontos somados. A Boca do Jacaré recebe o duelo às 15h.

O jogo é de grande importância para as duas equipes. A vitória com uma combinação de resultados na rodada pode garantir o topo da tabela. Mesmo com alguns desfalques, o Jacaré vai com o que tem de melhor à disposição em busca dos três pontos em casa.

Preparação

Na última rodada, o Jacaré teve duas ausências de peso – Zé Love e Badhuga estavam suspensos – e ficou no 0x0 no clássico contra o Gama. Para o jogo contra a Aparecidense, Vilson Tadei poderá contar com a volta de seu xerife na zaga e do artilheiro do amor no comando do ataque.

Mesmo com a volta dos dois atletas, a equipe segue com desfalques. Bruno Nunes, Victor Rangel e Keynan estão vetados pelo DM, e Jefferson Maranhão está em recuperação após uma cirurgia de hérnia inguinal.

Titular nos últimos jogos, Alan Mineiro será poupado pela comissão devido ao desgaste do atleta, que veio em uma sequência de três jogos após um período parado antes de acertar com o Jacaré.

A semana de preparação foi focada em treinamentos de finalização e táticas de posicionamentos para neutralizar as jogadas adversarias. Coma uma base já alinhada, Vilson Tadei deve repetir a formação que jogo contra o Gama, apenas com Badhuga no lugar de Keynan, Zé Love na vaga de Victor Rangel, e Sandy ou Peninha no meio campo.

Arbitragem

Como árbitro principal da partida, a CBF escalou o sergipano Diogo da Silva. Completando a comissão de arbitragem, a entidade máxima do futebol designou os assistentes Milton Jerônimo e David Sousa, e o quarto árbitro Marcelo Rudá, ambos do Distrito Federal.

Relacionados

Ao todo, 22 atletas foram convocados pela comissão técnica. São eles:

Goleiros: Edmar Sucuri e Matheus Brandão;

Zagueiros: Badhuga, Gustavo Henrique e Preto Costa;

Laterais: Diogo e Peu;

Meias: Aldo, Bernardo, Carlos Eduardo, Hiwry, Lídio, Milton Júnior, Peninha, Sandy Tobinha e Zotti;

Atacantes: Jorge Henrique, Luquinhas, Maicon Assis, Michel Platini e Zé Love.

André Gomes/Brasiliense FC