Em busca da quinta vitória seguida no clássico, Brasiliense recebe o gama na Boca do Jacaré – Brasiliensefc.com.br
em-busca-da-quinta-vitoria-seguida-no-classico-brasiliense-recebe-o-gama-na-boca-do-jacare

Em busca da quinta vitória seguida no clássico, Brasiliense recebe o gama na Boca do Jacaré

em-busca-da-quinta-vitoria-seguida-no-classico-brasiliense-recebe-o-gama-na-boca-do-jacare

Foto: André Gomes/Brasiliense FC

Nesse sábado (3/7), a Boca do Jacaré será palco do clássico de número 68 entre o Brasiliense Futebol Clube e o Gama. A maior realidade do DF entra em campo às 15h, para o jogo que abre a quinta rodada do Grupo A5 da Série D.

As duas equipes vêm de derrota na última rodada e buscam recuperação em um dos jogos mais importantes entre as equipes em 2021. O Jacaré, que ocupa a terceira colocação no grupo com sete pontos, perdeu fora de casa por 2×1 para o União Rondonópolis, atual vice-líder. O Gama (penúltimo colocado com quatro pontos) sofreu um revés por 3×0 para o Nova Mutum dentro do Estádio Abadião.

Em caso vitória do Brasiliense, a equipe pode assumir a ponta do grupo, além de emplacar o quinto triunfo seguido em cima do rival. No retrospecto geral do confronto, o Jacaré também leva vantagem. São 25 vitórias amarelas contra 21 da equipe verde.

Em busca do resultado, o Brasiliense vem com novidades.

Preparação

O jogo contra o União Rondonópolis deixou duas baixas no time titular de Vilson Tadei. O zagueiro Badhuga e o atacante Zé Love estão suspensos pelo terceiro amarelo. Com dois desfalques importantes, o treinador usou a semana para testar atletas e a formação ideal.

Destaque positivo fica pela volta do zagueiro Keynan, recuperado da lesão na coxa, e a possibilidade da estreia do meia-atacante Bernardo, que será relacionado pela primeira vez desde que chegou ao Jacaré.

Na preparação da equipe, os dois primeiros dias de treinamentos foram alternados em treinos na academia e táticos com jogos de oito contra oito. Já no terceiro dia, Vilson Tadei promoveu um coletivo com o time que deve ser o titular. Na manhã desta sexta-feira (2/7), a comissão realizou um recreativo, seguido de treinos de finalização e bola parada.

Outros desfalques na equipe são dos atacantes Jefferson Maranhão e Bruno Nunes, entregues ao departamento médico. A formação utilizada na última partida deve ser repetida, com Keynan e Preto Costa brigando pela vaga na zaga e Michel Platini, Victor Rangel e Jorge Henrique como possíveis substitutos de Zé Love no comando do ataque.

Arbitragem

A CBF escalou o pernambucano Luiz Carlos Sobral para ser o árbitro principal da partida. Completando a comissão de arbitragem, a entidade máxima do futebol designou os assistentes Lehi Silva e Lucas Modesto, e o quarto árbitro Maguielson Lima, ambos do Distrito Federal.

Relacionados

Ao todo, 22 atletas foram convocados pela comissão técnica. São eles:

Goleiros: Edmar Sucuri e Fernandes;

Zagueiros: Gustavo Henrique, Keynan e Preto Costa;

Laterais: Diogo, Peu e W. Goduxo;

Meias: Alan Mineiro, Aldo, Bernardo, Didira, Peninha, Radamés, W. Balotelli e Zotti;

Atacantes: Daniel Alagoano, Jorge Henrique, Luquinhas, Maicon Assis, Michel Platini e Victor Rangel.

André Gomes/Brasiliense FC