Com 5×1 no acumulado, Brasiliense avança para a fase de grupos da Série D – Brasiliensefc.com.br
com-51-no-acumulado-brasiliense-avanca-para-a-fase-de-grupos-da-serie-d

Com 5×1 no acumulado, Brasiliense avança para a fase de grupos da Série D

com-51-no-acumulado-brasiliense-avanca-para-a-fase-de-grupos-da-serie-d

Foto: Gustavo Moreno/Esp. Metrópoles

Podendo perder até por um gol de diferença, o Brasiliense recebeu, na tarde deste domingo (30/5), o Real Ariquemes na Boca do Jacaré, pelo jogo de volta da fase preliminar da Série D. Mesmo com a vantagem de 2×0 construída no primeiro duelo, o esquadrão amarelo não se escorou no regulamento, e fez o dever de casa ao bater o adversário pelo placar de 3×1.

Os tentos do Jacaré foram anotados por Sandy, Didira e Romarinho. Alex, cobrando pênalti, descontou para o Real Ariquemes. Com a vitória, o Brasiliense avançou para a fase de grupos e fará parte do Grupo A5. Aparecidense, Jaraguá, Goianésia, União Rondonópolis, Porto Velho, Nova Mutum e Gama serão os adversários da chave.

Agora o Jacaré foca seus esforços em outra competição. O próximo compromisso da equipe será o Grêmio, pela Copa do Brasil, no próximo dia 02 de junho, às 19h, na Arena do Grêmio.

Jacaré melhor no primeiro tempo

Com um começo bastante movimentado, a primeira chance de gol aconteceu logo com um minuto no relógio. Com a marcação alta, o Brasiliense recuperou a bola com Sandy na entrada da área, que clareou o lance e bateu pela linha de fundo.

O Real Ariquemes levou perigo em sua principal jogada ofensiva: a bola parada com Alex. Aos 11’, meia bateu uma falta frontal, a barreira desviou a bola, que saiu para escanteio com muito perigo. Na cobrança do tiro de canto, Alex levantou na cabeça de Edson, que cabeceou por cima tirando tinta do travessão.

A equipe do Jacaré passou a dominar a posse de bola e ganhou campo no setor ofensivo, o que forçava o Real Ariquemes a apostar nos contra golpes desorganizados. Aos 16’, em uma ótima tabela, Maicon Assis achou Milton Júnior, que chegava em velocidade para pegar um chute frontal e mandar a bola pelo lado direito. Dois minutos depois, Maicon Assis levantou na cobrança de escanteio e Aldo cabeceou firme. A defesa do Real desviou evitando o gol do volante que estava jogando improvisado na lateral direita.

Com a marcação pressão, o Jacaré não tinha dificuldades para criar jogadas e chegar ao gol. Aos 26’, Jefferson Maranhão lançou Jorge Henrique na marca do pênalti. O meia dominou e bateu sem equilíbrio em cima de Evandrizio.

A pressão amarela surtiu efeito aos 42 minutos. Forçando o erro da defesa na saída de bola, o Brasiliense recuperou a bola com Sandy, e bateu de chapa no ângulo, sem chance de defesa para Evandrizio. 1×0 para o Jacaré na primeira etapa.

Brasiliense domina e carimba a classificação

A virada de tempo não mudou a tônica do jogo, que seguiu com o domínio do Jacaré. Com cinco minutos, Jefferson Maranhão cobrou uma falta cruzada direto para o gol. A bola não encontrou ninguém na área, pingou na frente do gol e quase enganou o arqueiro do Real Ariquemes.

A equipe visitante respondeu aos oito minutos. Alex carregou pelo meio e descolou um ótimo passe estre a zaga para Luan, que finalizou em cima de Edmar Sucuri.

A chegada do Real Ariquemes foi um lance esporádico em meio ao bom jogo que o Jacaré fazia. Aos 19’, Aldo aprofundou o jogo pela direita e cruzou rasteiro para Romarinho só escorar a bola para ampliar a vantagem amarela.

Três minutos após o segundo gol do Brasiliense, Sandy, em uma jogada bem similar ao gol que abriu o placar, recebeu de costas, girou saindo da marcação e bateu por cima do gol. No lance seguinte, Aldo levantou para a área, a defesa do Real falhou e Didira pegou a sobra sozinho barra bater deslocando Evandrizio e anotando o terceiro do Jacaré. 3×0 no placar.

Aos 30’, Lucas Assis invadiu a área driblado e na hora do arremate recebeu a carga de Radamés. O pênalti foi marcado e o volante, que havia entrado no jogo dois minutos antes no lugar de Gustavo Henrique, recebeu o cartão vermelho. Alex foi para a cobrança e converteu bem, marcando o gol de honra da equipe no confronto.

Com 10 em campo, o Brasiliense passou a jogar com mais cautela, cadenciando o jogo e neutralizando o adversário. Com esse ritmo, o jogo finalizou com a vitória do Jacaré.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 3 x 1 REAL ARIQUEMES

Série D 2021 – Fase preliminar – jogo de volta

30/05/2021, 15h – Boca do Jacaré, Taguatinga-DF

Árbitro: Douglas Schwengber da Silva -RS

Assistente 1: Tiago Augusto Kappes Diel -RS

Assistente 2: Luiza Naujorks Reis -RS

Quarto Árbitro: Luiz Paulo Aniceto -DF

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Aldo, Badhuga, Gustavo Henrique (Radamés) e Goduxo (Mário Henrique); Milton Júnior, Sandy (Hiwry), Maicon Assis e Jorge Henrique (Didira); Jefferson Maranhão (Romarinho) e Bruno Nunes

Técnico: Vilson Tadei

Gols: Sandy (42’ 1T), Romarinho (19’ 2T) e Didira (23’ 2T)

Cartões amarelos: Sandy, Jorge Henrique, Gustavo Henrique

Cartões vermelhos: Radamés

REAL ARIQUEMES

Evandrizio; Zé Henrique, Morosini, Diego Rosa (Gabriel) e Alex Rocha (Luan); Douglas, Edson e Alex; Alisson (Rodrigo), Juninho e Guilherme (Lucas Assis)

Técnico: Odilon Jr.

Gols: Alex (32’ 2T, pênalti)

Cartões amarelos: Guilherme, Douglas, Lucas Assis

André Gomes/Brasiliense FC