Brasiliense vence o Real Ariquemes no primeiro jogo da pré-Série D – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-vence-o-real-ariquemes-no-primeiro-jogo-da-pre-serie-d

Brasiliense vence o Real Ariquemes no primeiro jogo da pré-Série D

brasiliense-vence-o-real-ariquemes-no-primeiro-jogo-da-pre-serie-d

Foto: Leandro Kazuo/Esp. Metrópoles

Na tarde desta quarta-feira (26/5), o Brasiliense Futebol Clube foi até Rondônia, para enfrentar o Real Ariquemes, pelo o primeiro jogo da fase preliminar da Série D. No duelo que vale a última vaga no Grupo A5 da competição, o Jacaré saiu em vantagem. No Estádio Valerião, Bruno Nunes, de pênalti, e Luquinhas fizeram os gols da vitória amarela por 2×0.

O jogo foi de total domínio do Jacaré, que não conseguiu converter o volume de jogo em gols no primeiro tempo. Na segunda etapa, a equipe continuou sufocando o adversário, mas consegiu colocar a bola na rede e agora joga por um empate no jogo de volta entre as equipes, que será no próximo domingo (30/5), às 15h, na Boca do Jacaré.

Jacaré melhor, mas nada de gols na primeira etapa

O mando de campo era do Real Ariquemes, mas o Brasiliense era quem comandava o jogo, como se estivesse em casa. Com triangulações e rápida movimentação dos homens de frente, a equipe amarela chegou pela primeira vez aos cinco minutos. Peninha lançou Luquinhas pela esquerda, que dominou limpando a marcação e batendo no cantinho. O goleiro Evandrizio caiu e fez a defesa.

Aos 12’, Peninha cobrou escanteio na cabeça de Lídio, que finalizou por cima. Na altura dos 16 minutos a partida teve uma paralisação devido ao enxame de abelhas que sobrevoou o Estádio Valerião. A parada forçada pelos insetos durou cinco minutos.

A partida retomou o domínio amarelo seguiu. Aos 24’, Peninha arriscou de fora e mandou muito por cima do gol. No minuto seguinte, Mario Henrique levantou para a área, Bruno Nunes ajeitou de peito para Didira finalizar em cima de Evandrizio que encaixou a bola.

A única finalização do Real Ariquemes no primeiro tempo aconteceu aos 26 minutos. Douglas carregou pelo meio e arriscou de fora, mas a bola saiu muito pela direita e não levou perigo ao gol do Jacaré. Aos 38’, na característica da equipe amarela, Didira recebeu em velocidade e bateu da entrada da área, obrigando Evandrizio a fazer uma bela defesa de mão trocada.

Bruno Nunes e Luquinhas decidem para o Jacaré

Sem deixar cair o ritmo, o Brasiliense voltou para a segunda etapa com a mesma aplicação tática e vontade de fazer o primeiro gol. Com quatro minutos, Didira roubou a bola e acionou Luquinhas na esquerda, que bateu muito por cima. No lance seguinte, Zotti achou Peninha sozinho na marca do pênalti, que dominou bem, mas também finalizou muito por cima do gol.

Usando sua melhor arma, que é a bola parada, o Real Ariquemes parou na trave. Aos 10’, Alex levantou para a área, a bola passou por todo mundo, quicou na frente de Edmar Sucuri e bateu no travessão.

A equipe amarela sentiu que os donos da casa estavam entrando no jogo, por isso não deixou de agredir em velocidade. Aos 14’, Diogo pegou de primeira um chute com muito efeito, que foi no cantinho direito, mas Evandrizio fez bem a defesa. Com 16 minutos, Peninha ajeitou pra Luquinhas, que invadiu a área e bateu forte em cima do goleiro do Real.

Após os 18 minutos, o Real Ariquemes tentou chegar em dois chutes de Juninho, que passaram longe da meta amarela.

Aos 28’, Luquinhas foi derrubado por Morosini dentro a área e a penalidade foi marcada. Bruno Nunes foi para a cobrança e balançou a rede no minuto seguinte. 1×0 para o Jacaré.

O esquedrão amarelo buscou o segundo gol, que daria uma vantagem maior para a volta, e em uma ótima jogada de Goduxo, o objetivo foi conquistado. Aos 48’, o lateral avançou da ponta pra o meio e bateu colocado. A bola pegou na trave e sobrou para Luquinhas bater de bico e decretar a vitória do Jacaré, que vai jogar por um empate no jogo de volta.

FICHA TÉCNICA

REAL ARIQUEMES 0 X 2 BRASILIENSE

Série D 2021 – Fase preliminar – jogo de ida

26/05/2021, 16h – Estádio Gentil Valério (Valerião)

Árbitro: Salim Fende Chavez-SP

Assistente 1: Anderson José de Moraes-SP

Assistente 2: Daniel Luis Marques-SP

Quarto Árbitro: Renato Aparecido dos Reis-SP

REAL ARIQUEMES

Evandrizio; Alex Rocha, Morosini, Diego Rosa e Guilherme (Zé Henrique); Douglas (Neto), Edson e Alex; Daday (Luan), Juninho e Liardo (Ronald)

Técnico: Adilon Jr.

Cartões amarelos: Morosini, Neto e Edson

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Diogo, Keynan (Milton Júnior), Gustavo Henrique e Mário Henrique (Goduxo); Lídio, Zotti (Sandy), Didira (Jefferson Maranhão) e Peninha; Luquinhas e Bruno Nunes (Michel Platini)

Técnico: Vilson Tadei

Gols: Bruno Nunes (29’ 2T, pênalti) e Luquinhas (48’ 2T)

Cartões amarelos: Peninha

André Gomes/Brasiliense FC