Brasiliense goleia o Vitória e carimba vaga para a próxima fase da Copa Verde – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-goleia-o-vitoria-e-carimba-vaga-para-a-proxima-fase-da-copa-verde

Brasiliense goleia o Vitória e carimba vaga para a próxima fase da Copa Verde

Após 23 dias de pré-temporada, o Brasiliense Futebol Clube voltou ao campo da Boca do Jacaré para seu primeiro jogo oficial em 2021. O esquadrão amarelo enfrentou o Vitória-ES, na tarde desta quarta-feira (20/1), pela primeira fase da Copa Verde – competição que ainda é válida pelo calendário de 2020. A equipe amarela dominou os capixabas, especialmente na segunda etapa, e venceu por 4 x 0, carimbando a vaga para a próxima fase.

A equipe do Vitória sofreu com a ausência de nove jogadores, que não foram relacionados para a partida pois testaram positivo para a Covid-19. Superando as dificuldades, a equipe se segurou no primeiro tempo, mas foi para o intervalo perdendo por 1 x 0, com o gol contra de Léo Breno. Na segunda etapa, o Jacaré tomou conta do jogo, e foi criando chances até Luquinhas, Rodrigo Fumaça e o estreante Tobinha marcarem os gols que decretaram a ótima vitória amarela.

O Jacaré agora viaja até Lucas do Rio Verde-MS, para enfrentar a Luverdense, no próximo domingo (24/1). O duelo será no estádio Passo das Emas, às 17h.

Primeiro tempo truncado

Muito por conta da falta de ritmo que as equipes ainda encontram neste começo de temporada, o jogo foi sem profundidade e muito disputado no meio campo até os 10 primeiros minutos. Zotti foi o primeiro a arriscar uma finalização a gol, aos 11’. No lance seguinte, o Vitória respondeu com Reynaldo, que ajeitou para chute, mas isolou a bola.

Após a ação das equipes, o jogo voltou a ficar morno e concentrado pelo meio, mas a partir dos 22 minutos, o Brasiliense passou a tomar conta do duelo, apostando nos cruzamentos. No primeiro deles, Diogo achou Luquinhas para cabecear para fora. Aos 24’, Zé Love cruzou e o zagueiro Igor Pimentel tocou contra. O goleiro Harrison estava ligado para fazer a defesa no reflexo.

Usando sempre os laterais, o Brasiliense construiu três jogadas seguidas. Na primeira, aos 26 minutos, Diogo serviu Zé Love que mandou por cima. Aos 32, foi a vez de Peu colocar na cabeça de Aldo. Um minuto depois, novamente Aldo apareceu para cabecear travado com a zaga, no cruzamento de Diogo.

Quando o árbitro já levava o apito à boca para encerrar o primeiro tempo, Badhuga se lançou ao ataque e cruzou para o meio da área. O zagueiro Léo Breno tentou afastar o perigo, mas acabou tocando contra a própria meta. 1 x 0 jacaré.

Jacaré avassalador na segunda etapa

A exemplo da primeira etapa, Zotti foi o primeiro jogador que finalizou, ao chutar por cima aos cinco minutos. Sentindo que o Vitória voltou desconcentrado para o segundo tempo, o Brasiliense forçou a jogada em velocidade e chegou ao gol com seis minutos de bola rolando. Jefferson Maranhão serviu Luquinhas, que invadiu a área e, na sua jogada característica, bateu de cavadinha marcando um golaço e ampliando o placar.

O momento era todo do esquadrão amarelo, que buscava incisivamente o terceiro. Aos 9’, Peu cruzou e Jefferson Maranhão testou para fora. Três minutos mais tarde, Zé Love foi lançando pela direita, saiu na cara do gol, mas bateu desequilibrado para fora. Zé Love teve mais uma chance aos 14 minutos, quando foi acionado por Luquinhas, bateu rasteiro e a zaga afastou o perigo em dois tempos.

Aos 17’, Peu cruzou e Luquinhas desviou de chaleira para a defesa de Harrison. No lance seguinte, o Vitória conseguiu sua primeira boa chance, no chute de Chiquinho que saiu por cima.

Apostando mais uma vez nos cruzamentos dos laterais, o Jacaré quase marcou outro golaço. Aos 19’, Peu inverteu para Zé Love, que tirou a marcação com uma meia lua e bateu por cima do gol. O Vitória tentava descontar, mas sem conseguir criar, os chutes de longe eram a alternativa. Hiuri arriscou no canto e Edmar Suruci fez a defesa na altura dos 22 minutos.

O Brasiliense não deixava brecha para os capixabas respirarem. Aos 31’, Peninha cobrou escanteio no primeiro poste para a casquinha de Aldo, que morreu no pé da trave. Logo depois, Rodrigo Fumaça de fora tentou acertar o ângulo, mas Harrison ficou com a bola.

Com o grande volume ofensivo do Jacaré, o terceiro gol era só questão de tempo, e ele saiu aos 38 minutos. Carlos Eduardo roubou a bola de Carlinhos e rolou para Rodrigo Fumaça chapar a bola e colocar no cantinho. 3×0 para o Brasiliense.

O Vitória até buscou o gol de honra, com Thiaguinho, mas viu o estreante da tarde marcar o quarto e fechar a conta. Na cobrança de escanteio, Tobinha desviou de cabeça e contou com a falha do goleiro para anotar seu primeiro gol com a camisa do Jacaré.

Com uma atuação avassaladora, o placar fichou em 4 x 0 para o Brasileinse.

Ficha técnica
Brasiliense 4 x 0 Vitória
Copa Verde –  Primeira fase – Jogo único
20/01/2021, 15h30, Boca do Jacaré – Taguatinga, Distrito Federal
Árbitro: Marcos Mateus Pereira-MS
A1: Sérgio Alexandre da Silva-MS
A2: Luiz Fernando Viegas Colete-MS
4º árbitro: Marcello Rudá-DF

Brasiliense: Edmar Sucuri; Diogo, Badhuga, Keynan e Peu; Bruno Lima, Aldo (Radamés) e Zotti (Peninha); Luquinhas (Tobinha), Zé Love (Carlos Eduardo) e Jefferson Maranhão (Rodrigo Fumaça). Técnico: Vilson Tadei
Gols: Léo Breno (46’ 1T, contra), Luquinhas (6’ 2T), Rodrigo Fumaça (38’ 2T) e Tobinha (44’ 2T)
Vitória: Harrison; Reynald (Hiuri), Igor Pimentel, Léo Breno e Tiaguinho; Emerson (Carlinhos), Carlos Vitor e Vitinho (Wagner); Chiquinho, Geanlucas (Dodô) e Rael. Técnico: Claudio Roberto
Cartões amarelos: Reynald

O post Brasiliense goleia o Vitória e carimba vaga para a próxima fase da Copa Verde apareceu primeiro em Metrópoles.