Vencedores e perdedores: confira as principais contratações da NBA – Brasiliensefc.com.br
vencedores-e-perdedores-confira-as-principais-contratacoes-da-nba

Vencedores e perdedores: confira as principais contratações da NBA

A temporada 2020-21 da NBA começa em menos de um mês, no dia 22 de dezembro. Com isso, os times já planejam suas temporadas e elencos para tentar desbancar o Los Angeles Lakers, o atual campeão.

O problema é que o time de LeBron James e Anthony Davis foi um dos que melhor se reforçou na última semana, após o draft, período que viu um intenso vai e vem de contratações, trocas e dispensas.

A seguir, o Metrópoles separou alguns dos principais times e movimentações feitas, e analisou quem ficou melhor, pior e quem não deve sair do lugar. Confira:

Los Angeles Lakers

O atual campeão mostrou que não está para brincadeira. Mesmo que tenha perdido peças importantes da equipe que ajudou LeBron e AD a trazer o 17º título para os Lakers no mês passado, a franquia conseguiu repô-las a altura.

Primeiro, o Lakers ganhou mais uma opção na criação de jogadas ao trazer o armador Dennis Schröder de Oklahoma em troca do ala Danny Green. Depois, a equipe pode ter perdido Dwight Howard e JaVale McGee para Philadelphia e Cleveland, respectivamente. Mas repôs os grandalhões à altura com Montrezl Harrell, que deixou o rival Clippers, e Marc Gasol, que continua o legado do irmão Pau em Los Angeles.

Houston Rockets

A equipe texana foi uma das maiores incógnitas do período de contratações e o seu potencial para a próxima temporada ainda está sob avaliação. Isso porque as duas maiores estrelas da franquia já começaram o período com indícios de que estariam insatisfeitas e com diversos relatos de que Harden e Westbrook pediram para serem trocados.

A dupla dinâmica, até o momento, ainda está em Houston, mas o resto de suas negociações não são animadoras. Primeiro, eles perderam um dos melhores defensores do elenco, Robert Covington, para Portland. Depois, os Rockets assinaram com DeMarcus Cousins, pivô que vem de graves lesões e traz mais questões do que respostas sobre o quanto poderá contribuir positivamente.

New York Knicks

Há duas maneiras de analisar como foi o período para contratar jogadores do New York Knicks. Por um lado, o torcedor pode ficar decepcionado de ver a equipe passar por mais um ano brigando por nada, apenas oferecendo contrato curtos para jogadores sem grife. Por outro, o time parece estar arrumando a casa e buscando ser paciente enquanto desenvolve seus jovens com potencial (RJ Barrett, Mitchell Robinson e Obi Toppin), mantém a folha salarial enxuta para receber agente livres de primeira grandeza e ensaia um ar de respeitabilidade para o resto da liga após anos de má gerência e decisões questionáveis.

Atlanta Hawks

Com o potencial demonstrado pelo jovem armador Trae Young, Atlanta está fazendo de tudo para maximizar as suas oportunidades e acelerar a sua formação como candidato ao título. Para isso, os Hawks assinaram um mix de veteranos e jovens, entre eles, Kris Dunn, Rajon Rondo, Danilo Gallinari e Bogdan Bogdanovic, formando um dos times que mais devem melhorar seu retrospecto em relação à temporada passada.

A questão que fica é que Atlanta foi um dos piores times defensivos do último campeonato, e as novas aquisições não são exatamente reconhecidas pelas suas proezas nesse lado da bola.

Phoenix Suns

Assim como o Atlanta Hawks, outro time que deve subir um patamar na próxima temporada é o Phoenix Suns. Além de ter deixado uma belíssima impressão na reta final da bolha, vencendo todos os seus jogos, o Suns fez uma troca pelo veterano armador Chris Paul, uma das peças mais cobiçadas desta pós-temporada.

A dupla Paul e Devin Booker promete ser uma das melhores entre os armadores da liga e finalmente fazer o Phoenix Suns voltar aos playoffs após 10 temporadas.

O post Vencedores e perdedores: confira as principais contratações da NBA apareceu primeiro em Metrópoles.