Aos 42 anos, Riquelme segue sendo cobiçado pelo Boca: “Não é loucura” – Brasiliensefc.com.br
aos-42-anos-riquelme-segue-sendo-cobicado-pelo-boca-nao-e-loucura

Aos 42 anos, Riquelme segue sendo cobiçado pelo Boca: “Não é loucura”

O Boca Juniors segue em busca de reforços para o resto da temporada, incluindo a disputa de oitavas de final da Copa Libertadores, onde enfrenta o Internacional. O problema é que um dos principais nomes na lista já está aposentado: Juan Román Riquelme. Em entrevista à rádio La Red, o presidente do clube, Jorge Ameal, revelou que tem o desejo de convencer o meia a retornar ao esporte.

“Não vejo como uma loucura. Você o viu jogar mal alguma vez? Eu não. Você acaba de falar de Verón. Falam de Verón no Estudiantes, como não podemos falar de Román? Tomara que eu possa, eu quero que ele jogue oficialmente, valendo pontos. A torcida quer vê-lo em campo. Eu estive com ele e falei sobre uma partida de despedida. Eu falei: você tem que ir jogar”, disse Ameal.

Riquelme se aposentou em 2015, após conquistar o acesso com o Argentinos Juniors na Série B do Campeonato Argentino. Aos 42 anos, o ex-camisa 10 é vice-presidente do Boca Juniors, clube pelo qual também atuou e é um dos maiores ídolos.

O post Aos 42 anos, Riquelme segue sendo cobiçado pelo Boca: “Não é loucura” apareceu primeiro em Metrópoles.