Mesmo jogando melhor, Brasiliense sofre a primeira derrota na fase de grupos da Série D – Brasiliensefc.com.br
mesmo-jogando-melhor-brasiliense-sofre-a-primeira-derrota-na-fase-de-grupos-da-serie-d

Mesmo jogando melhor, Brasiliense sofre a primeira derrota na fase de grupos da Série D

mesmo-jogando-melhor-brasiliense-sofre-a-primeira-derrota-na-fase-de-grupos-da-serie-d

O Estádio Bezerrão recebeu na tarde deste sábado (26/09) o quarto clássico verde-amerelo do ano de 2020, dessa vez, pela fase de grupos da Série D. Em um jogo franco, a equipe do Brasiliense jogou melhor, mas o Gama aproveitou as poucas oportunidades que teve para definir o jogo.

O primeiro tempo foi de amplo domínio da posse de bola pelo Jacaré, mas com gol de Wallace, o alviverde foi para o intervalo com vantagem. No inicio do primeiro tempo, Douglas, de pênalti, empatou o jogo. Mesmo jogando melhor que o adversário, o Jacaré viu Emerson marcar o segundo gol do Gama.

O Jacaré volta a campo na próxima quinta-feira (01/10), contra o Bahia de Feira de Santana, às 19h, na Arena Cajueiro.

Primeira etapa movimentada

Repetindo o mesmo time da estreia, sem um jogador de referência no comando de ataque, o Jacaré começou envolvendo o adversário com a movimentação de Douglas, Luquinhas, Romarinho e Jefferson Maranhão. Mesmo dominando a posse de bola, a equipe amarela viu o Gama construir a primeira chance de gol da partida. Na cobrança de escanteio de Andrei Alba, aos oito minutos, Wallace subiu e cabeceou com perigo.

O Brasiliense deu a resposta aos 12 minutos. Jefferson Maranhão recebeu de Luquinhas na entrada da área, limpou a marcação e bateu rasteiro no cantinho direito. O arqueiro Calaça se esticou para fazer a defesa.

Aos 18’, o Gama recebeu uma falta pela esquerda. Andrei Alba foi para cobrança e achou Wallace, para cabecear e abrir o placar no Bezerrão. 1×0 para os donos da casa. Três minutos depois, o Jacaré tentou reagir ao gol no chute de Douglas, mas o camisa 10 pegou muito em baixo na bola.

Correndo atrás do resultado, o Brasiliense jogava melhor, chegando ao ataque de forma organizada. Aos 24’, Luiqunhas fez uma boa jogada individual e arriscou de fora. Calaça espalmou e no rebote, Romarinho finalizou por cima do gol.

O Gama respondeu com dois chutes de longa distância. O primeiro com Vitor Xavier, aos 29’, e o segundo com Júlio Lima, aos 32’, mas em ambos o goleiro Fernando Henrique apareceu bem para praticar a defesa.

Impondo a pressão, o Jacaré ainda teve duas boas chances de empatar antes do intervalo. Aos 34’, em uma jogada trabalhada de pé em pé, a bola sobrou para Romarinho, que bateu em cima de Calaça. Aos 40’, Romarinho bateu cruzado, o arqueiro alviverde cedeu o rebote e Fernandinho bateu por cima da meta.

Segundo tempo

Com a mesma vontade da primeira etapa, o Jacaré iniciou o segundo tempo a todo vapor. Com menos de um minuto, Luquinhas invadiu a área rabiscando e foi derrubado por Gabriel. Rafael Diniz apontou a marca da cal e anotou o pênalti para a equipe amarela. Douglas foi para a cobrança e bateu forte no meio do gol para empatar.

O Jacaré era só pressão. Aos cinco minutos, Marcos Aurélio cobrou escanteio na cabeça de Balotelli, que desviou para fora com muito perigo. Três minutos maia tarde, Fernandinho cruzou para área e Jefferson Maranhão apareceu para testar a bola que saiu rente ao travessão.

A equipe do Gama só chegou ao ataque aos 14 minutos. Andrei Alba cobrou escanteio pela esquerda, a bola desviou na defesa e sobrou para Emerson, chutar rasteiro e marcar o segundo do Gama.

Após o inicio movimentado, o ritmo da partida caiu, muito pelo fato de o Gama ter se fechado buscando segurar o resultado.  O Jacaré só conseguiu chegar novamente com agressividade aos 36 minutos, quando Neto Baiano ajeitou para o chute de Peninha, que saiu pelo lado direto da meta defendida por Calaça.

O Jacaré pressionava em busca do empate. Aos 42’, Marcos Aurélio pegou a sobra de bola e soltou e pé. Calaça rebateu para o meio da área e a defesa completou cedendo o escanteio. Aos 48’, Mariano cabeceou em cima do goleiro, e no rebote, Neto Baiano testou por cima, decretando o fim da partida.

FICHA TÉCNICA

GAMA X BRASILIENSE

Campeonato Brasileiro Série D 2020 –  Fase grupos – Segunda rodada

26/09/2020, 17h, Estádio Bezerrão – Gama, Distrito Federal

Árbitro: Rafael Diniz-DF

A1: Daniel Hnerique-DF

A2: Lehi Sousa-DF

4º árbitro: Luiz Paulo Aniceto-DF

GAMA

Calaça; Gabriel (Amaral), Emerson, Gustavo e Júlio Lima; Wallace, Andrei Alba (Ikaro) e Norton (Romário); Everton (Gustavo Rambo), Vitor Xavier (David Sousa) e Michel Platini

Técnico: Vilson Tadei

Gols: Wallace (18’ 1T), Emerson (14’ 2T)

Cartões amarelos: Júlio Lima, Gabriel, Andrei Alba, Calaça e Romário

BRASILIENSE

Fernando Henrique; Sandy (Diogo), Badhuga, Rodrigo e Fernandinho; W. Balotelli, Bruno Lima e Douglas (Neto Baiano); Jefferson Maranhão (Peninha), Luquinhas (Mariano) e Romarinho (Marcos Aurélio)

Técnico: Edson Souza

Gols: Douglas (2’ 2T)

Cartões amarelos: W. Balotelli, Bruno Lima, Rodrigo e Edmar Sucuri

André Gomes/Brasiliense FC