Diretor do Flamengo que circula no DF estava no grupo Guardiões do Crivella – Brasiliensefc.com.br
diretor-do-flamengo-que-circula-no-df-estava-no-grupo-guardioes-do-crivella

Diretor do Flamengo que circula no DF estava no grupo Guardiões do Crivella

O diretor de relações institucionais do Flamengo, Aleksander Silvino dos Santos, estava inserido no grupo Guardiões do Crivella até essa terça-feira (1/9). Ao site ge.globo ele admitiu a presença, mas alegou que teria sido adicionado sem permissão.

O dirigente do time carioca é responsável por atuar nos bastidores com políticos no DF – tem sido o elo entre clube e autoridades – e deixou o grupo nessa terça após a denúncia da TV Globo de que funcionários públicos impediam pessoas de denunciar problemas na área da saúde.

“Eu sou adicionado em muitos grupos. De Flamengo, então, tem um monte. Eles pegam meu número e adicionam. De fato eu estava nesse grupo, não sei precisar desde quando. Mas eu não fiz nenhuma postagem”, argumentou Aleksander, em entrevista ao ge.globo.

Ele ressaltou ainda que não é funcionário da prefeitura, não tem parentes nela e que o estatuto do Flamengo não permite alinhamento político ou partidário. Aleksander também considerou “muito lamentável” a atitude do grupo chamado de Guardiões do Crivella.

Aleksander ganhou foco como diretor do Flamengo ao aparecer em foto ao lado de Rodolfo Landim (presidente do Flamengo) e Jair Bolsonaro. Na ocasião, em maio de 2020, eles negociavam com o presidente da República a aprovação da MP do Mandante e o retorno aos treinos após a paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus.

Sergio Moro, Aleksander Santos, Marcos Braz e Jair Bolsonaro em jogo do Flamengo em Brasília, no estádio Mané Garrincha

Ele também é o responsável por fazer a ponte entre Landim e autoridades locais quando há jogos do Flamengo no Mané Garrincha.

Quem são os Guardiões

O Jornal Nacional exibiu na última segunda-feira (31/8) reportagem em que revela o que seria um esquema montado pela Prefeitura do Rio de Janeiro com funcionários públicos para fazer plantão na porta dos hospitais municipais, atrapalhar o trabalho da imprensa e impedir a população de falar e denunciar problemas na área da saúde.

O post Diretor do Flamengo que circula no DF estava no grupo Guardiões do Crivella apareceu primeiro em Metrópoles.