Semifinal da Champions marca o encontro das últimas nações campeãs do mundo – Brasiliensefc.com.br
semifinal-da-champions-marca-o-encontro-das-ultimas-nacoes-campeas-do-mundo

Semifinal da Champions marca o encontro das últimas nações campeãs do mundo

As semifinais da atual edição da Liga dos Campeões tem quatro times representando dois países e, coincidentemente, esses países são os que conquistaram as últimas Copas do Mundo: Alemanha e França. RB Leipzig x Paris Saint-Germain se enfrentam nesta terça-feira (18/8), às 16h, e Lyon x Bayern de Munique decidem o outro finalista na quarta (19/8), na mesma hora.

Juntos, Bayern e PSG têm 10 campeões mundiais em seus elencos. Quatro deles estiveram na campanha alemã de 2014, no Brasil: Neuer, Boateng e Muller dos bávaros, e Draxler, que defende o time de Paris. E o restante ajudou a França na conquista do mundo em 2018: Pavard, Hernández e Tolisso do Bayern, e Mbappé, Aréola — estava emprestado ao Real Madrid, mas pertence aos franceses — e Kimpembe do PSG.


0

Apesar de não terem nenhum atleta que já ergueu a taça da Copa do Mundo, Leipzig e Lyon também têm jogadores de seleções. Os alemães, por exemplo, contam com Gulácsi, goleiro da Hungria, que jogou a Eurocopa de 2016; Klostermann, vice-campeão olímpico pela Alemanha em 2016; Poulsen, que defendeu a Dinamarca na Copa de 2018; e Forsberg, convocado pela Suécia. O goleiro reserva Mvogo da Suíça e Sabitzer da Áustria também ajudaram seus países na Copa da Rússia e Eurocopa da França, respectivamente.

Já o Lyon conta com o campeão da Eurocopa, o guardião português Anthony Lopes; Depay, que jogou a Copa de 2014 pela Holanda; o goleiro reserva Tatarusanu da Romênia, que disputou a Euro de 2016, assim como Denayer, que defendeu a Bélgica.

Histórico a favor dos franceses

Desde a edição de 2013/14 da Liga dos Campeões, que antecedeu a Copa no Brasil, times franceses e alemães sempre chegam pelo menos até as oitavas. A última vez que uma equipe de um desses países chegou à final foi em 2012/13, quando o Bayern de Munique foi campeão sobre o Borussia Dortmund.

No entanto, depois disso, o patamar máximo que os times da França e Alemanha alcançaram foi a semifinal e, de 2013/14 até 2018/19, sempre que se enfrentaram, os franceses saíram vitoriosos. Na edição que precedeu a conquista alemã, o próprio Paris Saint-Germain eliminou o Bayer Leverkusen nas oitavas de final.

Em 2016/17, foi a vez do Monaco superar o Bayer Leverkusen, mas já nas quartas de final. E, na edição atual, o time de Neymar tirou o Borussia Dortmund de Haaland da competição, também nas quartas.

O post Semifinal da Champions marca o encontro das últimas nações campeãs do mundo apareceu primeiro em Metrópoles.