Mão na taça? Saiba o peso da vantagem do Brasiliense sobre o Gama na final – Brasiliensefc.com.br
mao-na-taca-saiba-o-peso-da-vantagem-do-brasiliense-sobre-o-gama-na-final

Mão na taça? Saiba o peso da vantagem do Brasiliense sobre o Gama na final

O Brasiliense bateu o arquirrival Gama na primeira partida da final do Candangão 2020 nessa quarta–feira (26/8) e largou na frente pelo título. A vantagem conquistada no placar de 3 x 1 se torna ainda maior para o duelo da volta ao considerar o retrospecto da competição. Desde 2001, quando o Jacaré passou a disputar a elite local, jamais um time conseguiu a virada no segundo jogo.

O peso da vantagem imposta pelo Brasiliense no Mané Garrincha é realmente grande. Para se ter uma ideia, 3 x 1 é o segundo mais elástico no histórico das decisões. Em 2019, o próprio Gama largou na frente ao fazer esse placar no Jacaré e ficou com o título depois. Em 2010, o Ceilândia repetiu o feito e confirmou a segunda mão na taça no duelo seguinte.


0

A maior vantagem em decisões com jogos de ida e volta foi estabelecida pelo Gama, em 2015. Na ocasião, bateu o Brasília por 3 x 0 e ergueu o troféu no jogo da volta com novo triunfo, por 1 x 0.

A exceção

Curiosamente, não só o placar de 3 x 1 jamais foi revertido na decisão do Campeonato Candango, como também nenhum clube que largou na frente ficou sem o título. De 2001 até hoje, sempre quem abriu vantagem no primeiro jogo ficou com o título na partida seguinte.

O único clube que conseguiu mudar o destino da taça da primeira partida para a segunda foi o Sobradinho. Em 2018, o time alvinegro foi derrotado pelo Brasiliense por 1 x 0 na ida, mas devolveu o placar no jogo da volta. A decisão foi para os pênaltis e o Leão levou a melhor. Embora não tenha virado, conseguiu a vitória nas penalidades.

Histórico de decisões do Campeonato Candango desde 2001*

2019
Gama 3 x 1 Brasiliense
Brasiliense 2-2 Gama

2018
Sobradinho 0 x 1 Brasiliense
Brasiliense 0 x 1 Sobradinho
Sobradinho campeão nos pênaltis (4×3)

2017
Ceilândia 2 x 2 Brasiliense
Brasiliense 3 x 2 Ceilândia

2016
Luziânia 2 x 0 Ceilândia
Ceilândia 0 x 1 Luziânia

2015
Gama 3 x 0 Brasília
Brasília 0 x 1 Gama

2014
Brasília 2 x 3 Luziânia
Luziânia 0 x 1 Brasília
Luziânia campeão pela melhor campanha

2013
Brasília 0 x 1 Brasiliense
Brasiliense 3 x 0 Brasília

2012
Luziânia 0 x 1 Ceilândia
Ceilândia 0 x 1 Luziânia
Ceilândia campeão pela melhor campanha

2011
Gama 1 x 1 Brasiliense
Brasiliense 0 x 0 Gama
Brasiliense campeão pela melhor campanha

2010
Ceilândia 3 x 1 Brasiliense
Brasiliense 2 x 2 Ceilândia

2009
Brasília 1 x 2 Brasiliense
Brasiliense 2 x 0 Brasília

2008*
Disputa por pontos corridos

2007*
Disputa por pontos corridos

2006*
Disputa com quadrangular final

2005*
Disputa com quadrangular final

2004*
Brasiliense venceu os 2 turnos e não houve necessidade da final

2003
Brasiliense 1 x 1 Gama
Gama 4 x 1 Brasiliense

2002
Disputa em duas fases e sem final

2001
Gama 3 x 2 Brasiliense
Brasiliense 1 x 2 Gama

O post Mão na taça? Saiba o peso da vantagem do Brasiliense sobre o Gama na final apareceu primeiro em Metrópoles.