Fora de casa, Atlético perde invencibilidade para o Botafogo e cai para 2º – Brasiliensefc.com.br
fora-de-casa-atletico-perde-invencibilidade-para-o-botafogo-e-cai-para-2o

Fora de casa, Atlético perde invencibilidade para o Botafogo e cai para 2º

O então 1º colocado do Brasileirão, Atlético-MG, visitou o Botafogo nesta quarta-feira (19/8), no Engenhão, e perdeu sua invencibilidade e a liderança. Os donos da casa fizeram dois gols, com Luiz Fernando e Caio Alexandre, e Igor Rabello diminuiu para o Galo no fim do jogo. A vantagem poderia ter sido maior, mas o VAR anulou um tento do Glorioso.

Esta foi a primeira vitória do time de Paulo Autuori no campeonato e a equipe carioca agora soma cinco pontos, na 7ª posição da tabela. O Atlético de Sampaoli acabou caindo para 2º, dando lugar ao Internacional, que bateu o Atlético-GO também nesta quarta e tem dois gols a mais de saldo.

Os próximos compromissos da equipes estão marcados para sábado (22/8), quando o Galo vai à Porto Alegre tentar voltar ao lugar mais alto da cabela, contra o Inter, às 19h. E o Botafogo tem clássico contra o Flamengo, no domingo (23/8), às 11h, no Maracanã.

O jogo

O placar da partida ao fim do primeiro tempo não refletiu o que aconteceu em campo. O Atlético-MG, dono da maior posse de bole (74%) e líder nas finalizações, 15 contra cinco do Botafogo, saiu atrás do marcador.

Contando com uma boa atuação de Gatito, que salvou o Glorioso em várias oportunidades, a equipe de Paulo Autuori fez 1 x 0 com Luiz Fernando, no 25º minuto de jogo. Luis Henrique fez boa jogada pela esquerda, entrou na área e cruzou rasteiro. Rafael ainda fez a defesa parcial, mas a bola sobrou nos pés do camisa 10 do Fogão, que só teve o trabalho de empurrar pro fundo das redes.

Nos minutos finais, aos 46, Luis Henrique puxou o contra-ataque e era ele e Pedro Raul contra um defensor atleticano. O meia passou pro camisa 9 na entrada da área e o atacante desperdiçou a oportunidade de ampliar a vantagem do Botafogo.

2ª etapa

No segundo tempo, nada mudou. Superioridade mineira, mas a efetividade carioca que fez a diferença. Aos 31, Bruno Nazário fez o segundo do Botafogo, mas o VAR anulou, pois a bola pegou no braço de Matheus Babi, que deu a assistência.

Mas, aos 40, foi a vez de Caio Alexandre. Em mais um contra-ataque matador do Glorioso, Matheus Babi e Nazário tabelaram, e o camisa 17 cruzou por baixo para o volante chegar no carrinho e fazer 2 x 0.

O Atlético de Jorge Sampaoli ainda diminui a diferença no placar com gol de Igor Rabello, ex-jogador do Botafogo, no último minuto.

 

O post Fora de casa, Atlético perde invencibilidade para o Botafogo e cai para 2º apareceu primeiro em Metrópoles.