Paulistão: com gols no final, Palmeiras bate Santo André e está na semi – Brasiliensefc.com.br
paulistao-com-gols-no-final-palmeiras-bate-santo-andre-e-esta-na-semi

Paulistão: com gols no final, Palmeiras bate Santo André e está na semi

O Allianz Parque recebeu, na noite desta quarta-feira (29/7), o duelo entre Palmeiras e Santo André, válido pelas quartas de final do Paulistão. O time comandado por Vanderlei Luxemburgo dominou a posse de bola durante os 90 minutos da partida, mas os gols da vitória por 2 x 0 só saíram depois dos 42 minutos da etapa final.

Felipe Melo, dono da braçadeira de capitão, e Marcos Rocha foram os heróis do Porco na partida. No último minuto, o lateral fechou o caixão.

O jogo

O Palmeiras começou dominando as ações da partida. O primeiro lance de perigo ocorreu aos 12 minutos, com um chute de longe de Marcos Rocha, que recebeu passe de Luiz Adriano e bateu de trivela. O goleiro Ivan ficou só olhando ela sair, passando muito perto de seu gol.

Na altura do minuto 24, os índices de posse de bola mostravam 73% do Porco e 27% do Santo André, mas apesar da superioridade palmeirense, não houve muitas tentativas de tirar o zero do placar.

Aos 26, Gabriel Menino deu um presente para Willian, que dominou a bola de direita e tentou tirar do goleiro, mas Ivan conseguiu defender com um toque milagroso. Na sequência, o rebote caiu nos pés de Rony que chegou batendo, mas o guardião do Ramalhão salvou o time novamente.

No minuto 40, Willian tentou novamente, mas dessa vez foi de longa distância. Ivan, mais uma vez, não permitiu que a bola entrasse. Três minutos depois, surgiu a melhor chance do Santo André até então. O camisa 7, Branquinho conseguiu entrar na área e bater de direita, Weverton fez a defesa e a redonda ia sobrando para Rondinelly, mas Gómez se virou para tirá-la dali. Antes da partida, o clube confirmou a renovação de contrato do zagueiro paraguaio para até 2024.

Na sequência, foi a vez de Douglas Baggio, cria da base do Flamengo, testar a atenção de Weverton. De longe, o atacante encheu o pé e o goleiro do Palmeiras se esticou para fazer a defesa, jogando a bola para escanteio.

Ao fim da primeira etapa, o Santo André ficou à frente no número de finalizações, 8 x 6, e a posse de bola ficou em 70% para o alviverde. Mas o zero insiste em permanecer no marcador.

2º tempo

Logo aos 11 minutos da etapa final, Lucas Lima e Diogo Barbosa protagonizaram uma boa jogada. Porém, na hora de executar o chute, o meia pegou mal na bola e desperdiçou mais uma boa chance do Palmeiras. A conversa de Luxemburgo com o elenco no intervalo fez o time voltar mais agressivo, correndo para sair na frente no placar. Esta já era a segunda oportunidade de gol criada pelo Porco em um espaço de dois minutos.

O relógio mostrava que faltavam 15 minutos para o fim do jogo e o Palmeiras, mais uma vez soberano na posse de bola, não conseguia converter esse domínio em efetividade para marcar gols. Enquanto o Santo André tentava aproveitar as oportunidades de ataque, mas também sem sucesso no objetivo principal: colocar a bola no fundo da rede de Weverton.

Aos 42, após cobrança de escanteio de Gustavo Scarpa, Felipe Melo subiu mais alto que todo mundo para cabecear e contou com o desvio do zagueiro Rodrigo para abrir o placar. Nos acréscimos, no minuto 48, ainda deu tempo de fazer mais um. Marcos Rocha aproveitou o rebote deixado por Ivan após chute de Zé Rafael e confirmou a classificação do Palmeiras.

O post Paulistão: com gols no final, Palmeiras bate Santo André e está na semi apareceu primeiro em Metrópoles.