Brasiliense goleia Unaí e garante classificação antecipada no Candangão 2020 – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-goleia-unai-e-garante-classificacao-antecipada-no-candangao-2020

Brasiliense goleia Unaí e garante classificação antecipada no Candangão 2020

brasiliense-goleia-unai-e-garante-classificacao-antecipada-no-candangao-2020

O Brasiliense, na tarde desta quarta-feira (04), foi até a Boca do Jacaré, enfrentar o Unaí, pela abertura da oitava rodada do Candangão 2020. Com a presença do torcedor, que pode adentar no estádio e acompanhar a partida, o Jacaré, de forma avassaladora aplicou uma goleada no placar de 4 a 1, sobre os mineiros. Esquerdinha, Badhiuga, Manoel e Neto Baiano foram os autores dos gols que aproximaram o esquadrão amarela da liderança da competição local.

Primeiro tempo avassalador

Com mudanças na equipe e principalmente a volta de dois principais jogadores – Esquerdinha e Peninha -, o Brasiliense iniciou a partida com muita movimentação. Tocando bem a bola e chegando com facilidade na defesa adversária, a equipe amarela chegou ao primeiro gol, logo aos 11 minutos, com Esquerdinha. O meia recebeu a bola na marca do pênalti, e com estilo, de trivela, mandou no canto do goleiro adversário, fazendo 1 a 0 Jacaré.

Insistindo na pressão, o Jacaré construía boas jogadas com facilidade. Envolvendo a defesa do time mineiro, o time da casa queria de qualquer jeito o segundo gol, que acabou saindo aos 27 minutos, através de bola parada. Fernandinho, em cobrança de escanteio, colocou a bola na cabeça de Badhiuga, que subiu mais que a defesa e mandou no ângulo de Jonathan, ampliando o resultado na Boca do Jacaré.

No momento em que o tempo passava, o Brasiliense percebia o desânimo adversário e tocava a bola de forma objetiva, querendo mais gols. E a pressão resultou no terceiro gol, com Manoel, aos 32 minutos. Após a falta da defesa mineira, o atacante aproveitou o espaço e mandou um forte chute, aumentando mais ainda a vantagem no placar.

Com os 3 a 0 no placar, o Brasiliense se cadenciou em campo. Mantendo a posse de bola, a equipe da casa administrava o resultado, esperando a primeira etapa acabar. Porém, o Unaí, em uma jogada rápida, acabou diminuindo o placar. Aos 47′, Hugo aproveitou a desatenção da defesa do Jacaré e chutou de longe, no ângulo de Edmar Sucuri, fechando o primeiro tempo no placar favorável de 3 a 1 para o Brasiliense.

Garantindo o resultado e a classificação

Mais tranquilo no segundo tempo, o Brasiliense voltou com o mesmo ritmo ofensivo da etapa inicial. Mantendo a posse de bola, o esquadrão pouco deixou o Unaí chegar com perigo. A situação, fez do Márcio Fernandes fazer algumas alterações na equipe, mantendo a mesma disposição tática, mas equilibrando a posse de bola.

Sem pressionar com perigo, o segundo tempo acabou ficando mais cadenciado para os dois lados e só foi ficar movimentada na reta final. Aos 36 minutos, após pressionar a zaga adversária mais uma vez, Railan, estreante do dia e que entrou poucos minutos antes, acabou sofrendo pênalti. Logo em seguida, na batida, Neto Baiano, com categoria, fez o quarto gol e sacramentou o resultado e a classificação do Jacaré para a segunda fase do Candangão 2020.

Classificação antecipada e vice-colocação garantida na rodada 

A vitória – terceira seguida no campeonato – deixou o Brasiliense garantido e com folga na segunda colocação do campeonato, com 19 pontos conquistados e garantindo a classificação antecipada. Faltando três rodadas para o final da primeira fase, o esquadrão amarelo ainda busca a liderança da competição e o próximo desafio será no sábado (07), contra o Capital, jogando na Boca do Jacaré. A partida será às 15h30 e terá transmissão ao vivo da TV Brasiliense.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 4 X 1 UNAÍ

Campeonato Candango 2020 – 1ª fase – 8ª rodada

04/03/2020, 15h30, Boca do Jacaré – Taguatinga-DF

Árbitro: Leandro Almeida

A1: Milton Alves

A2: Marconi Souza

4º árbitro: Matheus Silva

BRASILIENSE

Edmar Sucuri, Alex Murici (Railan), Preto Costa, Badhiuga e Fernandinho; Aldo (Radamés), Romário, Esquerdinha e Peninha; Zé Love (Neto Baiano) e Manoel.

Técnico: Márcio Fernandes

Gols: Esquerdinha (11′ 1T), Badhiuga (27′ 1T), Manoel (31′ 1T) e Neto Baiano (36′ 2T)

Cartões amarelos: Edmar Sucuri, Badhiuga, Radamés e Peninha

UNAÍ

Jhonathan, Felipe Silva, Bruno, Guilherme e Christiano; Rendell (Gustavo), Hugo, Paulo Matos e Enzo (Brendon); Felipe Hulk e Jackson

Técnico: Christian Ramos

Gol: Hugo (47′ 1T)

Cartões amarelos: Bruno e Christiano

Cartões vermelhos: Felipe Hulk

Lucas Bolzan

Jornalista BrasilienseFC.com.br