Em jogo disputado, Brasiliense se impõe diante do Luziânia e vence fora de casa – Brasiliensefc.com.br
em-jogo-disputado-brasiliense-se-impoe-diante-do-luziania-e-vence-fora-de-casa

Em jogo disputado, Brasiliense se impõe diante do Luziânia e vence fora de casa

em-jogo-disputado-brasiliense-se-impoe-diante-do-luziania-e-vence-fora-de-casa

Treinador novo, clima diferente e um grande desafio fora de casa, com a expectativa da vitória. Assim o Brasiliense entrou em campo para enfrentar o Luziânia, na noite desta quarta-feira (19/02), no estádio Serra do Lago. Dentro de campo, os comandados de Márcio Fernandes, que assumiu a equipe a dois dias atrás, demonstraram dedicação e fizeram uma partida disputada, vencendo o azulino goiano por 3 a 2, com dois gols de Zé love e um do zagueiro Rafael Donato, que sacramentaram a quarta vitória do Jacaré no campeonato local, deixando a equipe com 13 pontos conquistados, na provisória terceira colocação.

Zé Love deixa o Jacaré com vantagem na primeira etapa

Querendo surpreender o Jacaré desde o início, o Luziânia chegou com perigo logo no primeiro minuto. Kelvin recebeu pelo lado direito, e finalizou com perigo no gol de Edmar Sucuri. Porém, logo em seguida, o Brasiliense já deixou o seu primeiro cartão de visita.

Aos dois minutos, Manoel recebeu excelente lançamento pelo lado esquerdo e driblou o goleiro Douglas Bispo, que derrubou o atacante na área, fazendo o árbitro assinalar o pênalti. Na cobrança, Zé Love assumiu a responsabilidade e abriu o placar, em excelente cobrança da marca penal.

Acomodado com o resultado positivo, o Brasiliense se impôs no jogo. Mas, não esperava que o Luziânia fosse chegar com tanto perigo e velocidade pelas pontas. E foi o que aconteceu aos 18 minutos. Tatuí recebeu pela direita nas costas da marcação do esquadrão amarelo e finalizou forte nos peitos de Edmar Sucuri, que cedeu rebote nos pés do atacante Kelvin, que não perdoou e empatou o jogo.

Sem sentir o empate, o Brasiliense continuou no mesmo ritmo ofensivo. Pressionando e criando boas jogadas, principalmente com finalizações de perigo, o segundo gol saiu dez minutos depois do empate com Zé Love mais uma vez. Esquerdinha recebeu a bola no meio campo, avançou para a área e tocou para o atacante que em uma forte finalização colocou o Jacaré na frente mais uma vez. A bola ainda bateu no travessão antes de morrer dentro do gol.

A partir daí, só deu Brasiliense. Intensificando nas jogadas de ataque, Alex Murici quase ampliou aos 30′, quando avançou pela direita, driblou dois marcadores e finalizou forte, para grande defesa do goleiro azulino. Mesmo após o susto, a partida se encaminhou para o término da primeira etapa com a vantagem do Jacaré.

Segunda etapa disputada até o final

Sem sentir a pressão da derrota parcial, o Luziânia entrou no segundo tempo assim como no primeiro. E no terceiro minuto, teve um gol anulado. Em jogada pelo lado direito, o zagueiro Bruno Brito recebeu em condição ilegal, finalizou forte, mas a arbitragem acabou impedindo o gol de empate da igrejinha.

O tempo ia passando e o jogo ficando mais tenso. Mesmo sendo lá e cá, a partida era parada com bastante falta. Isso deixava as oportunidades mais favoráveis a bolas paradas. E foi assim que o terceiro gol do Jacaré saiu. Aos 30′, Peninha cobrou falta pela direita na cabeça de Rafael Donato, que subiu mais que a marcação e mandou para a rede, ampliando o placar da partida.

Quando tudo se encaminhava para os 3 a 1, o Luziânia, em uma jogada surpresa chegou ao segundo gol, aos 39 minutos. Yorras recebeu a bola pela direita e cruzou na medida para Ferrugem antecipar da marcação e fazer 3 a 2.

O gol deu um susto ao Brasiliense e deixou a partida em um tom mais nervoso até o final. Mas mesmo assim, o Jacaré conseguiu segurar o resultado e chegou a quarta vitória em seis jogos no Candangão.

Pausa para o carnaval

Agora, com o fim desta rodada, o Jacaré terá mais de uma semana para se ajustar aos moldes de Márcio Fernandes, até porque o Candangão parará no fim de semana de carnaval. Portanto, o Jacaré voltará a campo apenas no dia 01/03, às 15h30, diante do Real Brasília.

A partida, de acordo com a Federação de Futebol do DF, está marcada para o estádio Ciro Machado, antigo Defelê, localizado na Vila Planalto. Caso esteja realmente confirmado, será a reinauguração do estádio, que foi o primeiro a ser construído no Distrito Federal.

FICHA TÉCNICA

LUZIÂNIA 2 X 3 BRASILIENSE

Campeonato Candango 2020 – 1ª fase – 6ª rodada

15/02/2020, 19h30, Serra do Lago, Luziânia-GO

Árbitro: Luiz Paulo Aniceto

A1: Kleber Alves

A2: Gilbert Havila

4º árbitro: Adriano Neri

LUZIÂNIA

Douglas Bispo, Claytin, Bruno Bispo, Santiago e Weverton; Juninho, Gabriel Soares, Allanzinho e Anjinho (Ferrugem); Kelvin (Titico) e Tatuí (Yorras).

Técnico: Sebastião Rocha

Gols: Kelvin (18′ 1T) e Ferrugem (39′ 2T)

Cartões amarelos: Douglas Bispo, Bruno Brito, Santiago e Allanzinho

BRASILIENSE

Edmar Sucuri, Alex Murici, Rafael Donato, Badhiuga e Gleissinho; Romário, Esquerdinha, Peninha e Marcos Aurélio (Romarinho); Zé Love (Neto Baiano) e Manoel (Radamés).

Técnico: Márcio Fernandes

Gols: Zé Love (3′ e 27′ 1T) e Rafael Donato (31′ 2T)

Cartões amarelos: Peninha, Esquerdinha, Rafael Donato e Neto Baiano.

Lucas Bolzan

Jornalista BrasilienseFC.com.br