Brasiliense tem gol legal anulado e perde clássico para o Gama – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-tem-gol-legal-anulado-e-perde-classico-para-o-gama

Brasiliense tem gol legal anulado e perde clássico para o Gama

brasiliense-tem-gol-legal-anulado-e-perde-classico-para-o-gama

O 60º clássico do futebol de Brasília, entre Gama x Brasiliense, foi realizado de uma forma diferente, na tarde deste sábado (15), na Boca do Jacaré. Pela primeira vez na história, o duelo foi realizado de portões fechados, sem a presença do torcedor dentro do local do confronto. Uma situação triste para o futebol do Distrito Federal, que responderam sobre a situação, através de um pequeno protesto feito, antes da partida, quando todos sentaram no gramado durante um minuto, antecedendo o apito inicial de jogo.

Dentro de campo, um duelo movimentado. Com gol legal anulado, e muitas oportunidades de gol criadas pelo Jacaré, a equipe do Gama acabou vencendo por 2 a 1, com um gol de falta no final da partida, ocasionando a primeira derrota da equipe amarela na competição local.

Primeiro tempo movimentado

Ligados desde o início da partida, Gama e Brasiliense começaram o duelo a todo vapor. Com um jogo totalmente aberto, as oportunidades surgiram desde o apito inicial. Com mais posse de bola, o primeiro susto da partida foi a favor do Jacaré, aos sete minutos. Marcos Aurélio recebeu na entrada da área e bateu colocado próximo a trave esquerda de Calaça.

O primeiro susto, fez o Gama acordar na partida, que também criava oportunidades de perigo, principalmente saindo dos pés de Nunes e Luquinhas, que formavam a dupla de ataque alviverde. Mas, o Brasiliense, superior a todo momento, mantinha a bola sempre no campo de ataque, na tentativa de abrir o placar.

As oportunidades apareciam de todo jeito, até que a rede foi balançada pela primeira vez a favor do Brasiliense. Após cobrança de escanteio pela direita, Peninha alçou a bola na primeira trave e a defesa adversária desviou para o gol. Porém, a arbitragem acabou anulando o gol, alegando falta do zagueiro Rafael Donato no goleiro gamense.

O impedimento deixou o últimos minutos da primeira etapa totalmente movimentados e o primeiro gol “legal”, acabou saindo a favor dos adversários. Aos 44′, Luquinhas recebeu a bola dentro da área, girou sobre a marcação e mandou para a rede, abrindo o placar para o Gama.

Mas, o gol do Gama não abalou o Brasiliense. Pressionando em cima sempre, o esquadrão amarelo chegou ao empate dois minutos depois. Depois de uma excelente jogada criada no meio campo, Manoel recebeu na entrada da área e mandou um lindo chute no ângulo de Calaça, fechando o primeiro tempo no 1 a 1.

Balde de água fria no final da partida

A superioridade do Brasiliense no segundo tempo, mostrou que o Jacaré queria mais do que tudo a vitória. Aos dois minutos, Peninha quase conseguiu o segundo gol da equipe amarela, quando finalizou no ângulo e o goleiro Rodrigo Calaça conseguiu se esticar e fazer uma linda defesa.

No momento que o segundo tempo ia caminhando para o final, a partida ficava mais equilibrada. Com as duas equipes tentando marcar o gol, as finalizações não fluíam de forma correta para nenhum lado. Isso fez dos treinadores realizarem mudanças em suas determinadas equipes, tentando mudar a estratégia para conseguir a vitória.

E como todo clássico é decidido no detalhe, o Gama acabou chegando no segundo gol, o da vitória, através da bola parada. Tarta, aos 43 minutos, em cobrança de falta na entrada da área, cobrou com perfeição e balançou as redes de Edmar Sucuri, que não teve nenhuma chance de chegar na bola, fechando o placar com vitória alviverde por 2 a 1.

Destino: Serra do Lago

Na terceira colocação com 10 pontos conquistados e podendo perder posição nesta rodada, o Brasiliense terá, na próxima quarta-feira (19), a equipe do Luziânia, pela sexta rodada do Candangão. A partida será no estádio Serra do Lago, às 19h15.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 1 X 2 GAMA

Campeonato Candango 2020 – 1ª fase – 5ª rodada

15/02/2020, 15h30, Boca do Jacaré, Taguatinga-DF

Árbitro: Gildevan Lacerda

A1: Lehi Souza

A2: Milton Alves

4º árbitro: Marcello Rudá

BRASILIENSE

Edmar Sucuri, Alex Murici, Rafael Donato, Badhiuga e Gleissinho; Romário, Esquerdinha, Peninha (Sandy) e Marcos Aurélio; Romarinho (Neto Baiano) e Manoel.

Técnico: Mauro Fernandes

Gols: Manoel (46′ 1T)

Cartões amarelos: Esquerdinha, Peninha e Sandy

GAMA

Calaça, Marcos Baiano, Gustavo, Emerson e Paulo Henrique; Balotelli, Tarta, Andrei Alba (Gabriel) e Luquinhas (Julio Lima); Jefferson Maranhão (David Souza) e Nunes.

Técnico: Vilson Tadei

Gols: Luquinhas (44′ 1T) e Tarta (43′ 2T)

Cartões amarelos: Balotelli e Júlio Lima.

Lucas Bolzan

Jornalista BrasilienseFC.com.br