Em partida disputada, Brasiliense é derrotado pelo Goianésia fora de casa – Brasiliensefc.com.br
em-partida-disputada-brasiliense-e-derrotado-pelo-goianesia-fora-de-casa

Em partida disputada, Brasiliense é derrotado pelo Goianésia fora de casa

em-partida-disputada-brasiliense-e-derrotado-pelo-goianesia-fora-de-casa

Foto: Adria Lima/Goianésia E. C.

No primeiro amistoso do ano de 2020, o Brasiliense foi até a cidade de Goianésia enfrentar os donos da casa no estádio Valdeir José de Oliveira. Em um jogo disputado, com excelentes oportunidades dos dois lados, o Jacaré, mesmo saindo na frente do placar, acabou saindo com derrota do interior goiano, pelo placar de 2 a 1.

Primeiro tempo intenso  

Com novidades na equipe titular, principalmente no sistema ofensivo, com entradas de Marcos Aurélio e Zé Love, o Brasiliense entrou em campo com força máxima e mostrou isso nos trinta primeiros minutos de jogo. Criando excelentes oportunidades de gol, a equipe amarela insistiu em várias chances através de jogadas advindas do meio campo.

A insistência, ocasionou o primeiro gol da partida aos dez minutos. Após jogada dentro da área, Waldson tentou desviar e acabou mandando a bola contra o patrimônio, abrindo o placar para o Brasiliense.

O gol deixou o Brasiliense mais a vontade dentro de campo. Continuando nas jogadas de bola aérea, Marcos Aurélio tentava acionar os atacantes dentro da área, mas a bola insistia em não entrar.

Com isso, o ritmo do jogo foi abaixando. Cadenciando mais a posse de bola, o Jacaré mantinha a posse no campo ofensivo, porém na primeira bola perdida no meio campo, o gol do Goianésia acabou saindo. Em jogada pelo lado direito, Elias cabeceou no contrapé de Edmar Sucuri e empatou o jogo.

Fortalecido com o empate, o Goianésia continuou a pressão. Aproveitando a desatenção da defesa, os goianos seguiam no campo de ataque e pressionaram até marcarem o segundo gol, aos 44 minutos, após bate e rebate dentro da área e Gleydson de primeira mandar forte para a rede.

Reta final apática     

Na desvantagem do placar, Mauro Fernandes não optou por fazer grandes modificações. A primeira foi a entrada de Peninha no lugar do Edno. A mudança manteve a postura ofensiva, mas sem agressividade à equipe que não conseguia reação.

No momento em que o tempo passava, as duas equipes mantinham a posse de bola no meio-campo, deixando a partida truncada e sem emoções. Os treinadores faziam modificações, mas nada surtia efeito para que acontecesse de mais na partida, até soar o apito final, sacramentando a primeira derrota do Jacaré na era Mauro Fernandes, no penúltimo amistoso de pré-temporada.

Próxima parada: Goiânia

Para encerrar a pré-temporada, o Brasiliense terá um último duelo amistoso antes da estreia do candangão, diante do Sobradinho. No próximo dia 16, a equipe amarela irá enfrentar o Vila Nova-GO, jogando fora de casa. A partida será às 16h e ainda não tem local definido, dependendo da decisão dos adversários durante a semana.

Lucas Bolzan

Jornalista BrasilienseFC.com.br