De auxiliar-técnico para dirigente: Rodriguinho assume a supervisão de futebol do Brasiliense – Brasiliensefc.com.br
de-auxiliar-tecnico-para-dirigente-rodriguinho-assume-a-supervisao-de-futebol-do-brasiliense

De auxiliar-técnico para dirigente: Rodriguinho assume a supervisão de futebol do Brasiliense

de-auxiliar-tecnico-para-dirigente-rodriguinho-assume-a-supervisao-de-futebol-do-brasiliense

Jogador, auxiliar-técnico e agora supervisor de futebol. A carreira de Rodriguinho vem decolando a cada dia, sofrendo grandes transformações e agora, com um desafio de total importância que é assumir a supervisão de futebol do Brasiliense.

Surpreso com o convite feito pela diretoria do Jacaré, o ex-jogador, que auxiliava Ricardo Antônio antes da chegada do novo treinador Mauro Fernandes, ganhou mais uma chance da diretoria para seguir o trabalho com a camisa amarela. Feliz pela oportunidade no novo cargo, Rodriguinho, pela primeira vez, experimentará a experiência de gerir um clube de futebol.

“Deus não escolhe os capacitados. Ele capacita os escolhidos. E hoje eu agradeço pela oportunidade em estar assumindo essa nova função. Agradeço a diretoria pela confiança e espero fazer jus a essa nova oportunidade, inédita em minha carreira profissional”, ressaltou.

 

Foto: Lucas Bolzan/Brasiliense F. C.

Com o objetivo de organizar o planejamento para 2020, o novo dirigente agora terá pela frente um desafio importante, além de conduzir a união do elenco para conquistar as metas principais do Brasiliense, que disputará na próxima temporada quatro competições: Candangão, Copa do Brasil, Copa Verde e brasileirão da série D.

“Vamos tentar fortalecer nossa equipe, para que as coisas possam acontecer, do jeito que devem acontecer, que é através de conquistas, títulos, vitórias e com o objetivo de almejar muitas coisas, pois o Brasiliense precisa voltar ao seu lugar de origem, que é figurar entre os grandes clubes brasileiros”, completou.

Rodriguinho, junto com a comissão técnica, organizará o trabalho de sequência, visando a nova temporada. A equipe trabalhará por um mês, onde, em outubro, pegará um pequeno recesso, para voltar de vez, iniciando a pré-temporada para o Candangão 2020.

Lucas Bolzan

Jornalista BrasilienseFC.com.br