Brasiliense perde em casa para o Vitória/ES e é eliminado da série D – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-perde-em-casa-para-o-vitoria-es-e-e-eliminado-da-serie-d

Brasiliense perde em casa para o Vitória/ES e é eliminado da série D

brasiliense-perde-em-casa-para-o-vitoria-es-e-e-eliminado-da-serie-d

No clima decisivo de mata-mata da série D, o Brasiliense entrou em campo na tarde deste domingo (23) para enfrentar o Vitória/ES pelo duelo de volta da segunda fase da série D. Com o resultado aberto, tendo em vista que a ida foi 0 a 0, somente a vitória interessava ao Jacaré para seguir adiante na competição nacional.

Mas os capixabas, com o mesmo objetivo, surpreenderam do time candango e saíram da Boca do Jacaré classificados, após vencerem a partida por 2 a 1. Cássio e Carlos Vítor marcaram para a águia, enquanto Michel Platini descontou no final da partida, assim, cessando mais uma vez o sonho do Jacaré em conquistar o acesso à série C.

Desfalques de última hora

Após ter trabalhando com uma formação inicial durante a semana, o treinador Ricardo Antônio acabou sendo surpreendido com o desfalque de Edno, que sentiu a parte posterior da coxa direita e acabou sendo cortado da relação de titulares. Em seu lugar entrou Michel Platini, que na última partida estava no banco de reservas.

Outro atleta cortado foi o atacante Jobson, que ficaria no banco de reservas, mas por prevenção para não cair no anti-dopping, não entrou na partida por ter tomado um medicamento para evitar dores no joelho já recuperado.

Vitória usa a bola parada e sai na frente

Diferente do primeiro jogo, o Vitória/ES entrou em campo com disposição, partindo para cima do Brasiliense, sem se intimidar. Partindo para cima desde o início, a equipe entrava com facilidade na área amarela.  Dando o troco, através do passe longo, os atacantes do Jacaré eram acionados, mas não conseguiam finalizar ao gol do goleiro Harisson.

Com maior volume de jogo, o Vitória criava as melhores oportunidades da primeira etapa. Aos 13 minutos, Pernão avança pela esquerda e ganha a jogada do Lúcio, mas na hora do cruzamento, o pentacampeão se recupera e impede a jogada perigosa adversária, mandando para escanteio. Logo em seguida, na cobrança de Watson na primeira trave e Cássio subiu mais que a marcação para cabecear para o fundo da rede de Edmar Sucuri, abrindo o placar na Boca do Jacaré.

O “balde de água fria”, assustou o Jacaré, que tentava cobrir a desvantagem o mais rápido possível. Não tendo sucesso com os passes, o Brasiliense insistia nas bolas paradas e quase empatou a partida na cobrança, com Tchô. O meia bateu colocado no ângulo, mas Harisson se garante com uma boa defesa. Na reta final do primeiro tempo, o Vitória chegou com perigo mais uma vez, através da bola parada com Watson, que chutou forte de longe rasteiro e a bola acabou batendo na trave.

Segundo tempo movimentado

Buscando deixar a equipe mais veloz e dinâmica na segunda etapa, Ricardo Antônio fez duas mudanças de início, colocando Peninha e Maykon Leite, nos lugares de Tchô e Fabinho. A partir daí, a pressão se inverteu. Se o time capixaba pressionou no primeiro tempo, o segundo só deu Jacaré.

A insistência do Jacaré nos 20 primeiros minutos da segunda etapa, não foram suficientes para conseguiu o empate. Oportunidades com Romarinho, Alex Murici, e Peninha acabaram se esbarrando na defesa adversária. Sem objetividade, o Jacaré pressionava, mas não acertava na finalização.

Querendo matar o jogo, o Vitória, mesmo sem ter tanta posse de bola, chegava com perigo em alguns contra-ataques. E em um moral, ampliou o resultado. Em um rápido lançamento, aos 34 minutos, Carlos Vítor ganha da marcação e fica de cara a cara com Edmar Sucuri. Com tranquilidade, o meia deslocou o arqueiro e marcou o segundo gol.

Com 2 a 0 no placar, o Vitória se cadenciou em campo. Nervoso, o Brasiliense ia para cima de qualquer jeito para diminuir o resultado negativo enquanto era tempo. Três minutos depois, o Jacaré conseguiu diminuir. Após Murici levantar a bola na área, Michel Platini subiu mais que a marcação e mandou para o gol.

Com o jogo tenso, o Brasiliense tentava o empate, de qualquer jeito. Pressionando mais uma vez, a equipe não conseguia finalizar. O tempo ia passando e o Vitória se segurava de qualquer jeito. Mesmo com seis minutos de acréscimo, nada mais aconteceu e a arbitragem encerrou a partida, vetando o sonho do acesso do Jacaré na segunda fase da competição.

Agora, só a Copa Verde pela frente

Eliminado da série D, agora o Brasiliense, no ano de 2019, terá apenas a Copa Verde pela frente. Mais uma vez tendo o Vitória/ES como adversário, o Jacaré jogará o duelo em duas partidas, com a ida marcada entre os dias 24 ou 25 de julho, no Espírito Santo e a volta para os dias 31 de julho ou 01 de agosto, em Brasília.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 1 X 2 VITÓRIA/ES (Ida = 0x0)

Campeonato Brasileiro série D 2019 – 2ª fase (jogo da volta)

23/06/2019, 15h30, Boca do Jacaré, Taguatinga/DF

Público: 832 pagantes

Renda: R$ 5520,00

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado/TO

A1: Fábio Pereira/TO

A2: Cipriano da Silva Souza/TO

4º árbitro: Maguelson Lima/DF

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Alex Murici, Lúcio, Badhuga e China; Aldo, David Manteiga e Tchô (Peninha); Fabinho (Maykon Leite), Romarinho e Michel Platini.

Técnico: Ricardo Antônio

Gol: Michel Platini (37’/2T).

Cartões amarelos: Aldo e Badhiuga

VITÓRIA/ES

Harrison; Cássio, Ferrugem, Léo Breno e Emerson; Nick (Lucas Barboza), Thiago e Watson (Gianlucas); Carlos Vitor, Rafael Pernão e Jarles Baiano.

Técnico: Valdir Bigode

Gols: Cassio (13’/1T) e Carlos Vítor (34’/2T)

Cartões amarelos: Baiano, Pernão, Emerson, Ferrugem, Harisson e Thiago.

 

Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
previous arrow
next arrow
 
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
Foto: Hugo Barreto/Metrópoles
previous arrow
next arrow

 

Lucas Bolzan

Jornalista BrasilienseFC.com.br