Brasiliense X Dom Bosco – Brasiliensefc.com.br
brasiliense-x-dom-bosco

Brasiliense X Dom Bosco

Brasiliense vence Dom Bosco e avança na Série D

Reinaldo e Morais marcaram os gols do 2 x 0 na noite deste domingo (27/5), no Mané Garrincha. O Sergipe será o adversário na segunda fase D

Em 10 minutos, o Brasiliense assegurou vaga na segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo (27/5), o Jacaré venceu o Dom Bosco, no Mané Garrincha, por 2 x 0, e terá o Sergipe pela frente na etapa seguinte.

O resultado manteve o Brasiliense na segunda colocação do Grupo A10, com 11 pontos, dois atrás do líder Iporá-GO.

“Os reforços que vieram chegaram com a parte física um pouco prejudicada, fomos dando ritmo de jogo a eles. Creio que nesta segunda fase todo mundo estará inteiro”, aposta o técnico Ailton Ferraz.

[slide-anything id=”1408″]

Organização
Ferraz fez duas alterações em relação ao último jogo, o empate em 2 x 2 com o Iporá-GO. Gabriel tomou o lugar de Patrick na lateral-direita, e, no ataque, Reinaldo voltou a atuar entre os 11 (Romarinho foi para o banco). Souza, em meio à especulação de sua ida para o CSA-AL, não estava nem entre os reservas.

O Dom Bosco chegou a Brasília já eliminado. Por isso, apenas quatro jogadores estavam no banco durante o aquecimento. O goleiro titular dos visitantes, Hailson, não se sentiu bem e deu lugar a Eduardo. Dessa forma, Elias Rosa tinha apenas três reservas.

Eduardo cansou de bater tiros de meta. Incontáveis foram as vezes em que o Brasiliense chutou ao gol mato-grossense. Em uma delas, o capitão Lúcio acertou um chute no travessão. A ansiedade, porém, impediu o clube do DF de ficar à frente.

Mais calmo e organizado, o Brasiliense voltou do intervalo sem mudança. E não foi mesmo preciso para marcar os gols da classificação. Logo aos sete minutos, Reinaldo completou cruzamento da direita. Eduardo ainda tentou evitar, mas a bola tocou a trave e entrou.

A única função do Dom Bosco era se defender, como em um treino de ataque contra defesa. Poucas foram as vezes que o time do Mato Grosso chegou ao gol de Edmar Sucuri. Ainda assim, o Jacaré quis ter certeza do avanço à segunda fase.

Aos 17, Morais recebeu de Peninha na entrada da grande área, deu alguns passos e chutou forte entre os braços de Eduardo. Foi o primeiro gol do meia pelo Brasiliense. Tudo o que os visitantes fizeram no tempo restante, como disseram os atletas, foi “defender a honra”. Ao fim, vários tiraram fotos com o ídolo Lúcio.

A segunda fase tem início agendado para o próximo domingo (3/6).

BRASILIENSE (2)

Edmar Sucuri; Gabriel, Preto Costa, Lúcio e Wellington Saci; Aldo (Radamés), Erick Flores (Tartá) e Morais; Peninha, Nunes e Reinaldo (Luquinhas)
Técnico: Ailton Ferraz

DOM BOSCO-MT (0)

Eduardo; João Lennon, Jean, Odail Júnior e Bruno; Claudeci, Erick, Felipe e Nenê (Carlos Cezar); Jesuelton (Ênio) e Paulinho
Técnico: Elias Rosa

Gols: Reinaldo, aos sete, e Morais, aos 17 minutos do segundo tempo
Cartão amarelo: Odail Júnior (Dom Bosco)
Árbitro: Enoque Costa Pacheco (AP)
Estádio: Mané Garrincha
Público: 554 presentes
Renda: R$ 995