Home » Notícias » 2018 & Campeonato Candango

2018 Campeonato Candango
Brasiliense vence a primeira da final do Candangão contra o Sobradinho
31/03/18 - 21h15
Daniel Ferreira / Metrópoles.com

O Brasiliense saiu na frente na final do Candangão contra o Sobradinho. Na tarde deste sábado (31/3), os clubes disputaram o primeiro jogo da inédita decisão - o alvinegro não chegava à última fase desde 1994 -, e o Jacaré, atual campeão, venceu por 1 x 0, com gol de Reinaldo ainda na etapa inicial.

"No segundo tempo, recuamos muito, só nos defendemos. Mas foi o desgaste de jogar às quartas e aos domingos. Vamos levar o resultado para sábado", analisou o zagueiro Welton Felipe. A partida de volta está marcada para o próximo sábado (7/4), novamente no Mané Garrincha. Como não há benefícios para o time de melhor campanha, o Brasiliense pode apenas empatar para ficar com o décimo título da história do clube.

O Sobradinho precisou lidar com a suspensão do lateral-direito Luan. O substituto, Andrezinho, foi ausência por lesão, e Victor Santana precisou improvisar o meio-campista Everton na posição. O Jacaré entrou praticamente completo, principalmente se considerada a frequência de atletas no departamento médico ao longo do campeonato. Além da falta do machucado Badhuga, Ailton Ferraz não contou com o volante Aldo pelo mesmo motivo.

Estudo no início
As equipes passaram os minutos iniciais se estudando. Em bom momento, Filipe Cirne deu passe magistral para Reinaldo, aos 25 minutos, sair cara a cara com o goleiro Michael e chutar para fazer 1 x 0.

Sete minutos depois, o próprio Reinaldo cavou pênalti pelo lado esquerdo, e Vanderlei Soares apitou. Mas Nunes decepcionou o companheiro. O artilheiro do Brasiliense, com oito gols, bateu por cima do gol e perdeu a segunda penalidade máxima no campeonato e a chande de ampliar a vantagem para o próximo duelo.

Recuado
Ailton deixou de contar com Cirne depois de muitas faltas sofridas pelo meia-atacante, e Zizu ficou responsável pela ligação com o ataque. No segundo tempo, entretanto, o Jacaré esteve mais comedido e foi menos presente no adversário.

O Sobradinho até conseguiu transpor Edmar Sucuri, quando Mirandinha recebeu bola de João Manoel, mas estava impedido. Michel Platini cabeceou no travessão do goleiro do Brasiliense. Victor Santana fazia alterações e não conseguia o resultado esperado.

Os dez minutos finais foram de apreensão. Era um ataque x defesa, com os incansáveis jogadores do Sobradinho pressionando. A dupla Wallace e Welton Felipe, porém, foi impecável na zaga.

SOBRADINHO (0)

Michael; Everton (Rafael), Igor, Rambo e Dionatan; Dias, Gabriel, Geovane e João Manoel (Maranhão); Mirandinha (Guilherme) e Platini

Técnico: Victor Santana

BRASILIENSE (1)

Edmar Sucuri; Patrick, Welton Felipe, Wallace e Gerson; Radamés, Gabriel e Souza (Peninha); Filipe Cirne (Zizu), Reinaldo (Luquinhas) e Nunes

Técnico: Ailton Ferraz

Gol: Reinaldo, aos 25 minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Dias e Gabriel (Sobradinho); Gerson, Gabriel e Wallace (Brasiliense)
Árbitro: Vanderlei Soares
Estádio: Mané Garrincha
Público: 3.309 presentes
Renda: R$ 21.750

Veja mais notícias sobre: 2018 & Campeonato Candango