Home » Notícias » 2017 & Brasiliense

2017 Brasiliense
Zagueiro brasiliense está abalado após choque que matou goleiro
Mirelle Pinheiro / Metrópoles.com
16/10/17 - 09h52
PERSELA FOOTBALL

jogador brasiliense Ramon Rodrigues de Mesquita, 29 anos, passou por um momento triste em sua carreira. Neste domingo (15/10), durante a 29ª rodada do Campeonato da Indonésia, o zagueiro se chocou contra o goleiro do seu próprio time. Choirul Huda, que era um dos ídolos do Persela Lamongam, não resistiu e morreu no hospital. O jogo terminou em 2 x 0 para o Persela contra o Semen Padang.

Ao Metrópoles, o irmão de Ramon Ranyelle Mesquita disse que o jogador ficou extremamente abalado após a partida. "Não conseguimos conversar muito ontem. No final do jogo, foram todos para o hospital. Ele estava muito triste", contou. "Nessa profissão estamos sujeitos a tudo. Infelizmente, em um lance que parece bobo, aconteceu essa fatalidade", desabafou.

A jogada, aparentemente simples, começou com um lance de bola aérea. Ao correr para evitar o gol do adversário, o goleiro colidiu sem querer contra o companheiro de clube. Os dois caíram no campo e foram socorridos pela equipe médica de plantão do estádio. O choque entre os jogadores foi transmitido em tempo real pela TV One, da Indonésia. Confira:

Após o atrito, Choirul Huda levou as mãos à boca e tentou se levantar, mas pareceu perder as forças. Os socorristas o carregaram em uma maca até a ambulância. O camisa 1 precisou de oxigênio, recebeu massagem cardíaca, mas não resistiu e morreu no Hospital Regional Geral de Lamongan devido a traumas na cabeça e no pescoço .

Ainda segundo Ranyelle, o time do Persela treinou nesta segunda-feira (16). "Nos falamos hoje, após o treino. Ele agradeceu o apoio e disse que estava mais tranquilo. Pediu pra ficarmos bem", completou.

Carreira
Ramon Mesquita nasceu em Sobradinho e mudou-se para a Indonésia em agosto deste ano. Na capital federal, passou por diversos clubes, como Bandeirante, Guará, Esportivo Guará, Legião, Capital, Brasília e Sobradinho. No Brasil, o atleta também atuou no Duque de Caxias (RJ), Herman Aichinger (SC) e Caxias (RS). A carreira internacional começou no Vietnã, onde ficou de janeiro a julho deste ano e defendeu o Quang Ninh.

Veja mais notícias sobre: 2017 & Brasiliense