Home » Notícias » 2017 & Estádios

2017 Estádios
Dois meses após o Candangão, GDF conclui gramado de dois estádios
Ian Ferraz / Metrópoles.com
12/07/17 - 01h02
RENATO ARAÚJO/AGÊNCIA BRASÍLIA

Pouco mais de dois meses após a final do Campeonato Candango, vencido pelo Brasiliense, o Governo do Distrito Federal enfim concluiu a reforma do gramado de dois estádios: Augustinho Lima, em Sobradinho, e Joaquim Domingos Roriz (Rorizão), em Samambaia. As principais equipes de futebol do DF, no entanto, só voltam a jogar em fevereiro de 2018, com a 43ª edição do torneio local.

A exceção é o Ceilândia. Atualmente disputando a Série D, a equipe manda seus jogos no estádio da cidade, o Abadião, que não está no cronograma de obras recentes. Também está em andamento a Segunda Divisão do Candangão, hoje na 5ª rodada, mas a disputa não prevê jogos nos estádios de Sobradinho e de Samambaia.

Assim, tanto o Augustinho Lima quanto o Rorizão puderam ter a renovação dos gramados concluída. O GDF investiu R$ 752.121,72 nas obras de revitalização do campo dos dois estádios, que agora passam pela fase de crescimento da vegetação instalada. Só depois da maturação da nova grama o governo poderá repassar o Augustinho Lima e o Rorizão aos cuidados das respectivas administrações regionais, o que está previsto para ocorrer em agosto.
Os estádios Juscelino Kubitschek (JK), no Paranoá, e Elmo Serejo Farias (Serejão), em Taguatinga também vão passar por reformas.

O JK está na metade do processo, com 50% do gramado renovado, e a licitação do Serejão precisou ser refeita porque havia um serviço não previsto"
Júlio Menegotto, diretor-presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap)

Veja mais notícias sobre: 2017 & Estádios